Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə11/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   ...   201

JEANE CRISTINA ANSCHAU XAVIER DE OLIVEIRA


Resumo: A Consulta de Enfermagem a criança e uma pratica privativa do enfermeiro onde o objetivo principal e prestar um atendimento sistematizado de forma global e individualizado, onde são identificados os problemas referentes à saúde e a doença através da interpretação e identificação e posterior avaliação que culminara na prescrição de enfermagem de cuidados que promoverão a proteção, prevenção e recuperação da criança. A Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) é utilizada como instrumento norteador da pratica do enfermeiro durante a Consulta de Enfermagem. É uma metodologia assistencial, entendida como aplicação prática das teorias de enfermagem na assistência aos pacientes. Objetivou-se descrever como é realizada a Sistematização da Assistência de Enfermagem - SAE durante as consultas de enfermagem realizadas com crianças menor de 2 anos em unidades de atenção básica do município de Cuiabá. Estudo descritivo com abordagem qualitativa foi realizado em 04 Unidades de Saúde da Família de Cuiabá-MT que foram sorteadas aleatoriamente, contemplando uma unidade de cada regional (Sul, Norte, Leste e Oeste). Os sujeitos do estudo foram enfermeiros que realizaram consulta de enfermagem à criança menor de 2 anos. Os dados foram coletados nos meses de janeiro e fevereiro de 2012 através da observação das consultas e analisados a partir da técnica de análise de conteúdo. Todas as consultas observadas foram gravadas através de um gravador digital e posteriormente transcritas na íntegra. Foi possível observar que os enfermeiros durante a consulta de enfermagem realizam somente as etapas do histórico, exame físico e prescrição da assistência, faltando a avaliação da resolutividade das prescrições de assistência realizadas por eles nas consultas anteriores. Além disso, não utilizam explicitamente uma teoria de enfermagem para nortear a consulta de enfermagem. Basicamente, utilizam a caderneta de saúde da criança como guia de suas consultas. No entanto, verificou-se que o histórico, a coleta de dados, as prescrições e orientações estão permeadas pela teoria das necessidades humanas básicas (psicobiológicas e psicossociais, propostas por Horta em 1979). O uso das teorias de enfermagem na consulta de enfermagem dá sustentação científica ao cuidado prestado, resolutividade e qualificação a assistência à saúde da criança e sua família. Uma profissão que não conhece suas próprias teorias se empobrece dando impressão que somente sabe fazer o seu trabalho pelo treinamento de formulas, rotinas e procedimentos padronizados.

Palavras-chave: Consulta de Enfermagem; Saúde da Criança; SAE

Título: ABORDAGEM DE NECESSIDADES DE SAÚDE NO PRÉ-NATAL: O QUE REVELAM REGISTROS DE CONSULTAS

Orientador: EDIR NEI TEIXEIRA MANDÚ, EGLIVANI F. MIRANDA



Autor(es):

MARIANE CRISTINA CARLUCCI MOLINA




Resumo: Estudo sobre a abordagem de necessidades de saúde expressas em registros da consulta de pré-natal na Saúde da Família em Cuiabá, Mato Grosso, com o objetivo de distinguir as necessidades de saúde priorizadas na assistência à gestante e evidenciar aspectos metodológicos da abordagem de necessidades na consulta pré-natal incluindo a qualidade dos registros. As necessidades de saúde compreendem aspectos sociais, ambientais, culturais, políticos, psicoemocionais, físicos, de desenvolvimento da autonomia e cidadania, relacionados à saúde individual e coletiva. Elas possuem uma natureza social e subjetiva e estão em constante mudança. O registro das consultas de pré-natal deve ser um meio de comunicação abrangente e ao mesmo tempo preciso, pois através dele a equipe de saúde tomará ciência do andamento da gestação assistida, das necessidades da mulher e de sua família e sobre os cuidados aos quais estes se encontram submetidos, ou seja, ele possibilita uma visão ampla e sistemática das necessidades desses sujeitos propiciando a atenção integral e a integração do trabalho da equipe. O registro é parte da metodologia assistencial e deve propiciar a totalidade de sua aplicação pelos trabalhadores que atuam no pré-natal. O estudo é descritivo, documental, e de abordagem qualitativa. Levantou-se informações de 30 prontuários de gestantes em acompanhamento de 3 unidades de Saúde da Família. A coleta foi feita entre janeiro e maio de 2012, com um scanner portátil. Realizou-se análise de conteúdo temática dos dados, considerando as especificidades dos registros das 3 unidades da enfermagem e medicina. As necessidades de saúde priorizadas nos registros são relativas a aspectos obstétricos ou materno-fetais, vistos especialmente em sua dimensão biológica, pois, nas etapas de levantamento de dados, de diagnóstico, e definição e acompanhamento das condutas, foram contemplados aspectos físicos, desconsiderando-se a integralidade da gestante. Visualiza-se uma perspectiva assistencial empobrecida mesmo frente à dimensão orgânica priorizada, uma vez que os registros limitam-se a certos dados, muitas vezes apresentados de forma superficial e incompleta, desacompanhados de diagnósticos e condutas que traduzam com especificidade necessidades e cuidados requeridos. Identifica-se a desvalorização da aplicação do conjunto das etapas metodológicas do atendimento, em especial pela falta da etapa de diagnósticos, que traduziria as necessidades identificadas e priorizadas. Há uma inespecificidade na atuação do enfermeiro na consulta de pré-natal, uma vez que o mesmo não determina os diagnósticos e condutas de modo próprio. Médicos e enfermeiros desvalorizam os registros nos prontuários prejudicando a continuidade do cuidado e a qualidade da assistência à gestante. É necessário investir de diferentes formas na melhoria da consulta pré-natal e dos registros desta, na Saúde da Família em Cuiabá, tendo em perspectiva a efetivação de uma abordagem abrangente de necessidades de saúde.

Palavras-chave: Prontuário, Necessidades, Enfermagem, Pré-natal, Processos de enfermagem

Título: ABUSOS SEXUAIS E TRAIÇÕES VIVENCIADAS POR MULHERES ATENDIDAS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA DE SINOP-MT

Orientador: PACÍFICA PINHEIRO CAVALCANTI

Autor(es):

1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə