Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə117/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   113   114   115   116   117   118   119   120   ...   201

CLÉLIDA SILVA DE ALMEIDA

Resumo: A mecânica clássica possui três formulações equivalentes: Newtoniana, Lagrangeana e Hamiltoniana.Com o processo de quantização necessário para descrever a mecânica quântica, o formalismo hamiltoniano tornou-se indispensável.Para descrevermos teorias de calibre( podemos citar como exemplo a eletrodinâmica quântica(QED), cromodinâmica quântica(QCD)) devemos introduzir a noção de sistemas vinculados. Neste trabalho introduzimos o procedimento de Dirac para análise desses sistemas vinculados e aplicamos para o caso da teoria da partícula relativística.


Palavras-chave: Formalismo hamiltoniano, sistemas vinculados

Título: FRACIONAMENTO BIODIRIGIDO DE ANNONA CORIACEA VISANDO O CONTROLE DO VETOR DA DENGUE AEDES AEGYPTI.

Orientador: EVANDRO LUIZ DALL’OGLIO

Autor(es):


MARIELE RONDON SANTOS




Resumo: O gênero Annona pertencente à família Annonaceae é nativo da América tropical e subtropical, abrande aproximadamente 130 espécies com grande importância comercial, pois seus frutos são comestíveis (graviola e fruta do conde). Algumas espécies são utilizadas na medicina popular por possuírem propriedades antirreumática, anti-helmíntica, larvicida, no tratamento de úlceras e aftas. A espécie A. coriacea é típica do cerrado brasileiro, conhecida como marolinho e usada pela população no tratamento de parasitoses, úlceras, inflamações, reumatismo e como anti-helmíntico. O fruto é consumido pela população na forma in natura e empregados como antidiarreicos. Presente na família, a classe de substancias denominada “acetogeninas de anonácea” se destaca por apresentarem inúmeras propriedades biológicas tais como citotóxica, antitumoral, antimicrobiana, antiparasitária, moluscida, inseticida, larvicida, dentre outros. Tendo em vista o imenso potencial biológico das acetogeninas, tem-se por objetivo realizar o estudo biodirigido de extratos hexânico de sementes de A. coriacea com biotividade monitorada com larvas de A. aegypti. Os frutos foram coletados em estradas vicinais no município de Tangará da Serra - MT, nos meses de outubro a dezembro 2010. Os frutos foram despolpados e as sementes das espécies foram secas à sombra, em temperatura ambiente. Posteriormente, foram transferidos para estufa com circulação de ar, à temperatura de 40ºC, onde permaneceram por 3 dias. O material seco foi pulverizado em moinho de facas obtendo-se sementes trituradas em forma de pó granulado. As sementes trituradas foram submetidas à extração a frio com hexano por 7 dias consecutivos. O extrato bruto hexânico foi filtrado e concentrado à pressão reduzida em evaporador rotativo, recuperando-se o solvente e o repondo no frasco com as sementes trituradas. O extrato hexânico foi acondicionado em cápsula de porcelana, levados à estufa (30ºC) e acompanhou-se a secura total do extrato através da pesagem em dias consecutivos até peso constante. Uma alíquota do extrato hexânico foi utilizada para realização do ensaio de atividade larvicida frente Aedes aegypti e se apresentou potencialmente ativo (100% mortalidade). O extrato hexânico foi submetido à partição líquido-líquido entre hexano e metanol aquoso (9:1). As frações foram concentradas em evaporador rotativo sob vácuo e acondicionadas em cápsulas de porcelana, levados à estufa (30ºC). Foram obtidas a fração hexânica e a fração metanólica que apresentou resultado positivo em teste com revelador de Kedde específico para acetogeninas. A fração metanólica foi cromatografada em coluna sílica gel com fase móvel de solventes em ordem crescente de polaridade (Hex, CHCl3, AcOEt e MeOH). As 92 frações obtidas dessa forma foram agrupadas em 5 grupos dos quais 3 foram cromatografados em sílica flash e coluna de exclusão por volume, resultando no isolamento de várias frações, das quais 4 revelam a presença de acetogeninas, no qual foram avaliadas em sua atividade larvicida frente à Aedes aegypti e estudadas por técnicas espectroscópicas e espectrométricas como RMN de 1H e de 13C e EM para a determinação estrutural e a identificação das acetogeninas.

Palavras-chave: Annonaceae, Aedes aegypti, biocidas.

Título: FRUGIVORIA POR AVES NO PARQUE ESTADUAL DA SERRA AZUL, MATO GROSSO

Orientador: MÁRCIA CRISTINA PASCOTTO



Autor(es):

JESSIANE MAYARA NOGUEIRA PEREIRA




Resumo: A frugivoria é um hábito alimentar bastante difundido entre as aves, que constituem importantes agentes de dispersão das sementes na maioria dos ambientes naturais e alterados. Os objetivos deste estudo foram identificar as espécies de aves consumidoras de frutos e as espécies vegetais que tiveram seus frutos consumidos, bem como avaliar o papel das aves consumidoras de frutos como potenciais dispersores de sementes no Parque Estadual da Serra Azul. O trabalho foi realizado entre out/2011 e jun/2012 no Parque Estadual da Serra Azul – PESA, Barra do Garças - MT, pela metodologia do transecto linear (MTL). A partir do levantamento realizado pelo transecto linear, quando encontrada alguma espécie vegetal em frutificação tendo seus frutos removidos por aves foi empregado o método focal. Foram registradas 576 visitas de 34 espécies de aves pertencentes a 15 famílias se alimentando de frutos de onze espécies vegetais. A maior parte das espécies de aves é constituída por membros da ordem Passeriformes (n = 28; 82% do total). Dentre os Passeriformes, as famílias com maior riqueza de espécies foram Thraupidae (n=11) e Tyrannidae (n=5). Registraram-se um total de aproximadamente 3400 frutos consumidos e/ou porções removidas pelas aves. Em Cecropia cf. pachystachya foram observadas 16 espécies de aves e 91 indivíduos consumindo porções do fruto (sementes). Cyanocorax cyanopogon e Tangara palmarum consumiram o fruto inteiro de Miconia cf. ferruginata. Em Norantea guianensis foram observadas cinco espécies de aves com 27 indivíduos consumindo o diásporo (semente+arilo). Em Acrocomia aculeata foi registrada C. cyanopogon consumindo a polpa do fruto. Byrsonima sericea foi visitada por 13 espécies de aves e 77 indivíduos consumindo a polpa ou o fruto inteiro. Dos 77 individuos, 17 consumiram apenas a polpa do fruto, sendo Dacnis cayana (n=8), Hemithraupis guira (n=5), Vireo olivaceus, Lanio penicillatus (n=2) e Tangara cayana. Já 60 indivíduos consumiram o fruto inteiro de B. sericea, sendo Myiodynastes maculatus (n=7), Dacnis cayana (n=8), Turdus leucomelas (n=15), Empidonomus varius (n=4), Hemithraupis guira (n=6), Vireo olivaceus (n=3), Saltator maximus (n=7), Cyanocorax cyanopogon (n=4), Tangara cayana, Tityra semifasciata (n=2), Lanio penicillatus, Trogon curucui e Elaenia chiriquensis. Dryocopus lineatus consumiu o fruto inteiro de Myrcia multiflora, enquanto que Lasiacis cf. divaricata teve seus frutos consumidos por T. Leucomelas e S. Maximus (n=2), ambos engoliram o fruto inteiro. Turdus albicollis (n=2) e Ramphastos vitellinus pintoi consumiram o fruto inteiro de Rapanea umbellata. Catorze espécies consumiram os frutos inteiros de Rudgea viburnoides, cinco de Schefflera cf. morototoni e onze de Xylopia aromatica consumiram sementes. T. leucomelas foi a ave que apresentou o maior número de visitas e diásporos consumidos. Assim, os individuos que consumiram os frutos inteiros ou porções (sementes) podem ser considerados como potenciais dispersores devido à estratégia de consumo dos frutos, possibilitando que os mesmos sejam regurgitados ou defecados em locais afastados das plantas parentais. Portanto, o PESA pode ser considerado importante no fornecimento de recursos alimentares para as aves que têm como item alimentar os frutos, o que garantirá a diversidade de aves potenciais dispersoras de sementes que colaboram para a manutenção dos recursos vegetais.
Palavras-chave: Frugivoria, Aves, Cerrado.

Título: FUNÇÕES DE AFILAMENTO NÃO SEGMENTADAS PARA ESTIMATIVA DE DIÂMETROS DE UM POVOAMENTO DE TECTONA GRANDIS L.F. EM NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO - MT.

Orientador: RONALDO DRESCHER

Autor(es):


1   ...   113   114   115   116   117   118   119   120   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə