Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə132/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   128   129   130   131   132   133   134   135   ...   201

JANAINA MELISSA SZUR BETANIN


Resumo: O principal ganho de calor no meio urbano se faz pela radiação solar, que incide sobre as diversas superfícies encontradas da cidade. Essa forma de energia incidente é absorvida pelas áreas permeáveis e parte dela é devolvida ao ambiente. Com relação às áreas pavimentadas, o calor recebido é armazenado durante todo o dia, resultando no aumento da temperatura e supressão da umidade. Além do solo permeável, a presença de árvores no ambiente atribui muitas vantagens, uma vez que, além de propiciar sombra durante todo período de incidência solar, aperfeiçoa a umidade do ambiente, contribui para o controle da temperatura, bloqueia os raios incidentes diretos do sol, auxiliam na qualidade do ar, amenizando a grande carga de poluição e impurezas contidas no mesmo, tornando-o mais adequado ao convívio humano. A importância da vegetação, principalmente a arbórea para climas rigorosos como o da cidade de Cuiabá se faz necessária, entretanto poucas são as áreas dentro do meio urbano, principalmente áreas de lazer da sociedade, como parques e praças, que evidenciem esta utilização. O objetivo geral deste trabalho é a análise de dois espaços inseridos no meio urbano com presença de vegetação, sendo uma edificação particular com presença de vegetação arbórea em grande quantidade e um espaço público institucional, com presença de vegetação em quantidade inferior a anterior, sendo as duas áreas caracterizadas com ausência de vegetação no seu entorno. O objetivo específico desta pesquisa é levantar as características do local quanto à ocupação do solo, vegetação e clima e, em seguida realizar análise sobre o impacto dessas características no conforto térmico dos usuários. Para desenvolvimento desta pesquisa utilizou-se como método o resultado de medições por meio de dados obtidos de estações meteorológicas como temperatura do ar e umidade relativa, coletados nas estações de inverno e começo da primavera, correspondendo dois meses de medição – agosto e setembro. Os resultados obtidos permitirá analisar a influência da vegetação na amenização do clima local, bem como o conforto proporcionado aos usuários.

Palavras-chave: vegetação arbórea, meio urbano

Título: INFLUÊNCIA DO TEMPO DE ARMAZENAMENTO NA CONSERVAÇÃO DE DIÁSPOROS DE AROEIRA DO SERTÃO (MYRACRODRUON URUNDEUVA)

Orientador: VIRGÍNIA HELENA DE AZEVEDO

Autor(es):

HENRIQUE CÉZAR BOIN DE LIMA


Resumo: Henrique Cezar Boin de Lima (PIBIC/UFMT)

Virgínia Helena de Azevedo (Orientadora) – Depto de Fitotecnia e Fitossanidade - FAMEV – UFMT. E-mail: azevedovh@yahoo.com.br

Patrícia Helena de Azevedo (Colaboradora) – Depto de Fitotecnia e Fitossanidade - FAMEV – UFMT

José Geraldo Magela Ângelo (Colaborador) – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio

Marcela Noelia Rojas Montalvo (Colaboradora) – Graduanda do Curso de Agronomia - FAMEV - UFMT

Conhecida por possuir madeira de alta qualidade e durabilidade a Aroeira do Sertão (Myracrodruon urundeuva), vem sendo explorada de forma predatória, possuindo alto risco de desaparecimento na natureza, de acordo com o Ministério do Meio Ambiente, exigindo meios para sua conservação. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do tempo de armazenamento na qualidade fisiológica de diásporos de Aroeira do Sertão. Os diásporos de Aroeira foram coletados no Distrito da Guia-MT em setembro de 2011 e encaminhados ao Laboratório de Recursos Genéticos da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária (FAMEV)- UFMT para beneficiamento manual. O experimento foi conduzido no Delineamento inteiramente casualizado num arranjo fatorial 5x5, (temperaturas e períodos de armazenamento). Os testes para avaliar a qualidade fisiológica dos diásporos foram realizados em papel germitest, em germinadores tipo BOD regulados para as temperaturas constantes de 25, 30, 35° C, e alternadas de 25-30 e 25-35° C, durante 0, 2, 4, 6 e 8 meses de armazenamento. Foram avaliadas germinação (%), Índice de velocidade de germinação (IVG), Tempo médio de germinação (TMG) e Comprimento de Plântula e Radícula (cm). As temperaturas constantes de 25 e 300C proporcionaram maior germinação dos diásporos. Menor IVG foram observados nas temperaturas constantes de 30 e 350 C aos 2 e 4 meses de armazenamento. Para TMG houve pouca variação entre as temperaturas e no tempo 0 e em 2 meses de armazenamento foram observados maiores TMG. Comprimentos do hipocótilo e da raiz primária reduziram drasticamente no oitavo mês de armazenamento.

Palavras-chave: Aroeira do sertão, temperaturas.

Título: INFLUÊNCIA DO TEMPO DE EXTRAÇÃO NA ELABORAÇÃO E QUALIDADE DE LICOR DE SUCO DE TANGERINA (CITRUS RETILATA BLANCO), VARIEDADE PONKAN

Orientador: LUCIANA COSTA LIMA

Autor(es):


NATIELLE TAIS SANTANA ALVES


Resumo: A fabricação de licor constitui um processo de aproveitamento da matéria-prima, principalmente frutas regionais, agregando valor aos produtos. Além disso, o processamento exige tecnologia simples e o produto final apresenta extensa vida de prateleira e pode ser armazenado e comercializado à temperatura ambiente. No presente trabalho objetivou-se elaborar e avaliar as características físico-químicas e químicas e a aceitabilidade de licores de suco de tangerina, variedade Ponkan, com graduação alcoólica de 18oGL e teor de açúcar de 350g.L-1, produzidos com diferentes quantidades de suco e tempos de processamento. Os tratamentos avaliados foram: 250 ml de suco e 7 dias de processamento; 250 ml de suco e 14 dias de processamento; 500 ml de suco 7 dias de processamento e 500 ml de suco e 14 dias de processamento. As análises realizadas nos licores foram: teor alcoólico, densidade, pH, sólidos solúveis, acidez titulável, ácido ascórbico e teste de aceitabilidade. Na análise estatística o delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado (DIC), com o uso do teste de Tukey na comparação das médias dos tratamentos a 5% de probabilidade. Para o teste de aceitabilidade também foi aplicado o teste de Tukey a 5% de probabilidade. Nas análises foram utilizadas 3 repetições. Para o teste de aceitabilidade foram utilizados 51 provadores não treinados. Com relação às características físico-químicas e químicas avaliadas, o melhor resultado foi obtido com o tratamento elaborado com 250 ml de suco e tempo de processamento de 7 dias. No entanto, quanto aos atributos sensoriais, o melhor resultado obtido foi alcançado com o tratamento elaborado com 500 ml de suco e tempo de processamento de 14 dias, visto que este obteve maior nota com relação ao sabor, embora tenha obtido menor nota para o atributo coloração, o que pode ser corrigido com a adição de um corante.

Palavras-chave: bebida alcoólica, citros, qualidade, teste de aceitação.

Título: INFLUÊNCIA DOS NÍVEIS DE SATURAÇÃO POR BASES E ADUBAÇÃO FOSFATADA SOB CULTIVO DO CRAMBE

Orientador: WALCYLENE LACERDA MATOS PEREIRA SCARAMUZZA

Autor(es):

1   ...   128   129   130   131   132   133   134   135   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə