Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə138/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   134   135   136   137   138   139   140   141   ...   201

FERNANDA LOYDI BUZELLE


Resumo: Com o objetivo geral de identificar e compreender as trocas comunicacionais entre os profissionais de saúde e a comunidade, especialmente jovens de 12 a 18 anos, e a percepção de tais públicos sobre a abordagem de temas afins pelos sistemas mediáticos, o projeto “Comunicação Social e Educação Popular de Jovens: um desafio para o SUS” trabalha com moradores de duas localidades: do bairro Canjica (fase inicial), em Cuiabá, e do município de Nossa Senhora do Livramento (fase conclusiva), pertencente à Baixada Cuiabana. Todos os participantes do projeto são atendidos por Unidades de Saúde da Família (USF). A equipe de pesquisa conta com dois professores UFMT, profissionais de saúde e graduandos dos cursos de Comunicação Social (Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Rádio e TV) e Saúde Coletiva.

O primeiro encontro se dá entre os coordenadores e os profissionais de saúde que atendem aquela região. O segundo passo é aplicar um questionário junto às famílias atendidas pela USF, visando identificar os hábitos de mídias; compreender as relações entre pais e filhos; identificar os jovens aptos a participar do projeto e a relação das famílias com a área de saúde. As demais etapas consistem em seminários com os profissionais da USF, visando conhecer a percepção acerca dos materiais veiculados pela mídia sobre prevenção e saúde e os métodos utilizados por eles ao se relacionar com os jovens, e também expor as diferentes linguagens presentes no sistema midiático, estimulando-os a rever suas práticas e fazer uso de diferentes tecnologias em seu cotidiano de trabalho. Os jovens participam de oficinas temáticas (publicidade, jornal, rádio, vídeo, fotografia e blog) ministradas por acadêmicos de comunicação social, nas quais são provocados a conceituar saúde, opinar sobre a atual abordagem de prevenção à doença e o que deveria ser mudado. Em seguida criam um material (jornalístico ou publicitário) relacionado à saúde. Em Nossa Senhora do Livramento fui responsável, juntamente com um colega, pela oficina de vídeo, repassando noções de utilização dos equipamentos, termos técnicos, cenário e roteiro; coordenando a criação, produção e execução de um telejornal e propagandas educativas sobre saúde. Por meio de questionários, entrevistas, participação na elaboração, condução e análise dos seminários, grupos focais, oficinas de produção e apresentação dos resultados tive a oportunidade de ir além do conteúdo ministrado em sala de aula, vivenciar outras realidades e, principalmente, estudar a interface da Comunicação e Saúde na prática. Visando divulgar o andamento do projeto criamos o blog Juventude e SUS, do qual sou a responsável pela atualização, que contém fotos, vídeos, reportagens e artigos sobre as atividades do grupo e temas pertinentes. Mesmo sem concluir os estudos já identificamos algumas deficiências comunicacionais na abordagem da saúde junto aos jovens, pela família, mídia e governo, e de como os profissionais de saúde podem melhorar esse quadro de forma alternativa e concomitante aos esforços da iniciativa pública.

Palavras-chave: Comunicação; Saúde; Juventude; SUS

Título: JOVENS: DA INCLUSÃO DIGITAL AO TEMPO INVESTIDO NA INTERNET

Orientador: MARIA APARECIDA MORGADO

Autor(es):


VAMIR NOGUEIRA MOREIRA FILHO


MARIA APARECIDA MORGADO

Resumo: Este estudo integra o Projeto de Pesquisa Estado e Sociedade na Educação da Juventude: perspectivas educacionais de jovens de camadas médias e camadas populares, vinculado ao Grupo de Pesquisa Educação, Jovens e Democracia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Tendo como objetivo gerar conhecimento sobre o tema “Jovens e o tempo despendido na Internet”, com intuito de identificar quanto tempo em média este passa na Internet, o que faz quando está usando-a e o que faz enquanto não está acessando-a.

A partir das informações coletadas (através de levantamentos e estudos bibliográficos de obras e materiais já existentes sobre o assunto) e com o intuito de contribuir para o conhecimento da temática, foram aplicados questionários em jovens entre 18 a 25 anos de idade, estudantes da Universidade Federal de Mato Grosso, representados por diversos cursos.

Levando em conta movimentos como o da inclusão digital e as políticas públicas que a integram e o caminho que faz com que os jovens tenham um maior acesso a Rede Mundial de Computadores. Sendo assim, para podermos observar essa questão do tempo que é despendido na Internet, é necessário ressaltar que esta, entrou na vida de milhões de pessoas, isto é, no Brasil, através das políticas públicas de inclusão digital e seus diversos programas, onde muitos têm o propósito de mostrar o surgimento de novas tecnologias, de diminuir o caráter assimétrico e excludente do atual processo de globalização econômica numa tentativa de aproximar as pessoas dos novos meios midiáticos que surgem no mundo – dentre estes meios está a Internet e, portanto, com este movimento de inclusão digital, das políticas que a permeia e a facilidade de acesso a Internet, as pessoas, principalmente os jovens cada vez mais se apropriam do uso dos computadores, tendo como conseqüência um aumento significativo no tempo de uso da Internet.

Palavras-chave: Jovens; Inclusão Digital; Tempo; Internet; Política Pública.

Título: LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO NA CULTURA DO TRIGO SOB SISTEMA PLANTIO DIRETO NO CERRADO

Orientador: MARCIO WILLIAM ROQUE'

Autor(es):

MAÍRA DE SÁ CAMPOS MAIA


Resumo: Devido à grande expansão do trigo pelo território nacional e a inserção do mesmo em áreas não convencionais como cerrado e o estado de Mato Grosso, torna-se importante um estudo detalhado desta cultura nestas áreas, verificando a produtividade e a qualidade dos grãos. Sendo assim, montou-se um experimento no campo experimental da Empresa Mato-Grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (EMPAER), no município de Tangará da Serra-MT, em um Latossolo Vermelho distrófico. Do pressuposto, objetivou-se estudar os componentes de produção e a produtividade da cultivar BRS 254 irrigada sob sistema de semeadura direta (SD). Adotou-se o delineamento experimental blocos ao acaso, sendo os tratamentos seis lâminas de irrigação (L1 = 156; L2 = 288; L3 = 508; L4 = 772; L5 = 992 e L6 = 1080 mm) executadas por um sistema “linesource” com quatro repetições. Verificou-se que os diferentes níveis de água não inferiram estatisticamente sobre o peso hectolitro e produtividade de grãos. A lâmina L1 (1080 mm) proporcionou a maior produtividade enquanto que a L6 (156 mm) proporcionou maior eficiência na utilização da água produzindo 9,7 kg de grãos por milímetro aplicado, no entanto, a diminuição da lâmina de água aplicada ocasionou a redução no peso de mil grãos.

Palavras-chave: componentes de produtividade; aspersão.

Título: LEVANTAMENTO DA ENTOMOFAUNA EM PLANTIO EXPERIMENTAL DE PROGÊNIES DE EUCALYPTUS CAMALDULENSIS DENHN NO MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DO LEVERGER,MT.

Orientador: ANTONIO DE ARRUDA TSUKAMOTO FILHO

Autor(es):

1   ...   134   135   136   137   138   139   140   141   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə