Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə143/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   139   140   141   142   143   144   145   146   ...   201

VALDEMAR GUEDES DA SILVA


VINICIUS RANIERO ANGELO



Resumo: Medidas de associação são importantes para analisar se uma exposição causal tem relação com um desfecho de interesse, sendo que muitas vezes torna-se necessário associar mais que duas variáveis, levando assim a construção de um modelo ideal que responda de forma significante a coocorrência de várias variáveis. O objetivo do presente estudo foi verificar a associações, tendo como variável desfecho “Fumo”, por meio de testes estatísticos e análise multivariada, sendo tabagismo a variável dependente. Estudo do tipo observacional seccional com 399 adolescentes (236 meninas e 163 meninos), de 12 a 19 anos (15,30±2,09), da Estratégia de Saúde da Família (ESF) sob atuação do PET Saúde de Cuiabá-MT. Utilizou-se a versão adaptada do Global School-Based Student Health Survey, analisando questões sobre Pais ou responsáveis que fumam, Falta na escola, atividade física (=300 min./sem.), Níveis Insuficientes de Atividade Física (NIAF) (<300min./semana), Etilismo (ET) e Tabagismo (TA) (consumo nos últimos 30 dias). Este estudo é parte da pesquisa epidemiológica “Saúde do adolescente na atenção primária de Cuiabá” com apoio do Ministério da Saúde. Para verificar associação entre as variáveis, utilizou-se o teste Qui-quadrado de Pearson, o teste exato de Fisher e o método da máxima verossimilhança, todos com significância p<0,05, e a razão de prevalência para os testes que deram associação com os respectivos intervalos de confiança de 95% (IC95%). Para analisar a associação múltipla das variáveis independentes Etilismo, Pais ou responsáveis fumantes, Escolaridade materna e Faltas na escola com a variável dependente binária Fumo, foi utilizado o método de regressão logística binária, considerando a qualidade de ajuste do modelo pelo teste de Hosmer e Lemeshow, com significância p<0,05. Do total da amostra, 23 adolescentes fumam, e destes, 18 tem idade de 16 a 19 anos com associação significativa (p<0,001), com razão de prevalência de 5,32 vezes maior nos adolescentes que tem de 16 a 19 anos do que nos adolescentes que tem de 12 a 15 anos, seu intervalo de confiança é (1,83;15,42); 14 adolescentes fazem uso de álcool com associação significativa (p<0,001), com razão de prevalência de 9,9 vezes maior nos adolescentes que consumiram álcool em relação aos que não consumiram, seu intervalo de confiança é (4,52;21,70); 11 tem pais ou responsáveis fumantes com associação significativa (p=0,002), com razão de prevalência de 3,28 vezes maior nos adolescentes que tem os pais fumantes do que nos adolescentes que não tem os pais ou responsáveis fumantes, seu intervalo de confiança é (1,47;7,31). No modelo de regressão logística binária, somente a variável álcool mostrou-se significativa (p<0,001), o modelo mostrou-se significante pelo teste de Hosmer e Lemeshow (p=0,04). Os adolescentes mais velhos, ou que bebem ou que tem pais ou responsáveis fumantes estão mais predispostos ao tabaco, porém quando existe a coocorrência de vários fatores, percebe-se que somente o álcool tem influência maior no uso de tabaco pelos adolescentes.

Palavras-chave: Tabagismo, adolescentes, sócio-demográficas, saúde

Título: MESTRADO EM ENFERMAGEM: ESPAÇO PARA PRODUÇÃO DE CONHECIMENTOS CIENTÍFICOS

Orientador: WILZA ROCHA PEREIRA

Autor(es):

VINICIUS RODRIGUES DE MENDONÇA

VALÉRIA BINATO SANTILI DEPES


Resumo: MESTRADO EM ENFERMAGEM: ESPAÇO PARA PRODUÇÃO DE CONHECIMENTOS CIENTÍFICOS.



Vinícius Rodrigues de Mendonça¹; Valéria Binato Santili Depes²; Wilza Rocha Pereira³

A memória permite a preservação da base comum de elementos das diferentes atividades humanas e a profissão da Enfermagem é uma destas atividades, portanto, organizar e sistematizar nossa produção de conhecimentos científicos pode contribuir para preservação das vivências e possibilitar a transmissão às novas gerações de enfermeiros da complexa experiência acumulada pelos profissionais. O presente estudo compõe um projeto maior, entitulado “Produção, socialização e incorporação de conhecimentos científicos no contexto da enfermagem em Mato Grosso”, procedente do Grupo de Pesquisa Educação, Formação e Gestão em Saúde e Enfermagem – GEFOR. Trata-se de uma pesquisa do tipo levantamento, cujo objetivo foi sistematizar a produção de conhecimentos feita pelos egressos do mestrado da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso a partir das publicações em revistas arbitradas pelo Qualis. Levantamos todos os artigos científicos publicados pelos egressos, matriculados nas turmas de 2006 a 2009. A coleta de dados ocorreu nos meses de abril e maio de 2012 através das etapas: levantamento dos egressos por turma; elaboração de planilha para sistematização dos dados; identificação dos artigos nos currículos Lattes dos egressos e orientadores; busca online dos artigos científicos em bases de dados e sistema de busca; leitura sistematizada dos resumos das dissertações e artigos científicos publicados para identificarmos as variáveis: autor/egresso, orientador, grupo de pesquisa, tema, abordagem, referencial teórico/metodológico, ano de publicação, periódico, Qualis. Como resultados tivemos um total de 43 egressos; 56 artigos publicados no período estudado em revistas indexadas pelo Qualis, cuja maioria, 29, em periódicos B1. Foram 41 estudos de abordagem qualitativa e 26 estudos especificam como referencial teórico o materialismo histórico. Este trabalho permitiu quantificar e conhecer o potencial da produção e divulgação de conhecimentos científicos em meios especializados dos grupos de pesquisa em enfermagem da UFMT. Considerando a relevância da produção e divulgação de conhecimento em enfermagem para consolidação de seu campo científico, identidade profissional e prática social, esta pesquisa teve como objetivo geral sistematizar a produção de conhecimento através dos artigos publicados em revistas arbitradas pelo Qualis CAPES por mestrandos e egressos do programa de mestrado da Faculdade de Enfermagem da UFMT de 2006 a 2009 e como objetivos específicos organizar e quantificar a produção de conhecimento dos egressos por ano, por periódico e classificação Qualis CAPES, assim como organizar a produção de conhecimento dos egressos por orientador, por grupo de pesquisa, por temáticas e metodologias utilizadas. Com a realização desta pesquisa conseguimos apreender este contexto de trabalhos que tem expressado o fortalecimento da pesquisa como instrumento de transformação na adoção de novas práticas assistenciais e de docência, e que tem contribuído para a expansão do conhecimento em Enfermagem dentro de um processo de busca contínua de conhecimentos que tem fortalecido a Enfermagem como profissão e como ciência, além disso conhecer o potencial de produção e de divulgação de conhecimento em meios especializados dos grupos de pesquisa do mestrado da FAEN/UFMT.
Palavras-chave: Enfermagem; Pesquisa em Enfermagem; História da Enfermagem.

Título: MONITORAMENTO DA DINÂMICA ESPAÇO-TEMPORAL DO NÍVEL FREÁTICO E DE INUNDAÇÃO EM ÁREAS COBERTAS POR POVOAMENTO DE VOCHYSIA DIVERGENS POHL (VOCHYSIACEAE), EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE DESENVOLVIMENTO CORRELACIONANDO COM AS CARACTERÍSTICAS FÍSICO-HÍDRICAS DO SOLO.

Orientador: RICARDO SANTOS SILVA AMORIM

Autor(es):


1   ...   139   140   141   142   143   144   145   146   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə