Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə154/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   150   151   152   153   154   155   156   157   ...   201

RAÍSA ANNE MARCOLIN


RAFAELLA HEIDEMANN DE JESUS

Resumo: Esta pesquisa teve a finalidade de caracterizar e analisar as representações acerca da atenção psicossocial dos trabalhadores das instituições públicas de saúde mental do município de Rondonópolis-MT e se tornou relevante na medida em que permitiu (I) obter informações sobre os avanços referentes ao processo da reforma psiquiátrica no município e (II) avaliar como o paradigma da atenção psicossocial se concretiza na prática dos trabalhadores. Para tanto foram realizadas observações e entrevistas com profissionais do Centro de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil Segredo da Alegria - CAPSi, do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas - Afro Carlos Stefanini Batista - CAPS A/D, do Serviço de Saúde Mental do Centro de Saúde Jardim Guanabara e do Centro de Reabilitação Nilmo Junior. Os dados coletados foram divididos em categorias e analisados à luz das Diretrizes da Política Nacional de Saúde Mental, conforme o posicionamento do profissional acerca: a) da reforma psiquiátrica; b) da internação psiquiátrica; c) do trabalho interdisciplinar; d) dos obstáculos para realização do trabalho e, por fim, e) do ingresso dos trabalhadores nos serviços de saúde. A análise destes dados evidenciou que a maioria dos profissionais se mostrou favorável às mudanças desencadeadas com o processo de Reforma Psiquiátrica, no entanto, alguns trabalhadores ainda consideram que a internação psiquiátrica é necessária em situações de crise. Consideramos que essa importância dispensada à internação aconteça pelo entendimento superficial do objetivo da reforma, bem como pela falta de estrutura dos CAPS e pouca articulação com os outros serviços de saúde. A essência da Lei 10.216/2001 é a extinção progressiva dos manicômios e que sejam oferecidos às pessoas com intenso sofrimento psíquico e usuários de drogas as atividades dos serviços substitutivos, como os CAPS Contudo, os resultados indicam que não é isso que está acontecendo, pois as internações psiquiátricas ainda são usadas como elemento central dos tratamentos. Isso nos leva a pensar que o município caminha em passos lentos para a concretização do processo de Reforma Psiquiátrica. Os profissionais apontam também os benefícios do trabalho interdisciplinar, mas relatam problemas para sua efetivação. Lutar pela melhoria no serviço é um obstáculo para os profissionais entrevistados, pois a maioria não ingressou por meio de concurso público. Isso gera grande rotatividade dos profissionais nos postos de trabalho e dificulta a busca por mudanças uma vez que os trabalhadores não têm a segurança de que não serão demitidos por lutarem pelos seus direitos e dos usuários. Assim, consideramos que a politização dos trabalhadores da rede de saúde mental deve começar pela realização de concursos públicos, de modo que selecione profissionais preparados e dispostos a lutar pela implementação da atenção psicossocial.

Palavras-chave: Atenção psicossocial reforma psiquiátrica, trabalhadores de saúde mental.

Título: O USO DA VIDEOGRAVAÇÃO NO PROJETO GÊNERO/FEMINISMO DE PODER: A MULHER NO JUDICIÁRIO EM CUIABÁ E VÁRZEA GRANDE – MT

Orientador: SUZE S. OLIVEIRA

Autor(es):

RAQUEL MÜTZENBERG ANDRADE


Resumo: Gênero/Feminismo de Poder: A mulher no Judiciário em Cuiabá e Várzea Grande – MT trata-se de uma pesquisa sobre a presença da mulher no poder judiciário local, considerando as mudanças dos papéis da mulher a partir da ascensão do feminismo na década de 1960, que influenciaram nas posições sociais e econômicas buscadas pela mulher do século XX. Nesse contexto, o poder judiciário, no caso, passou a ser constituído, de forma considerável, também por mulheres. O método de coleta de dados qualitativos foi a entrevista com depoentes previamente selecionados, segundo a relevância de informações acerca da presença feminina no poder judiciário. Juízas, promotoras e desembargadoras foram nossas fontes principais. Essas entrevistas foram gravadas em áudio e, quando autorizado pelo entrevistado, eram videogravadas. Neste trabalho, as entrevistas videogravadas realizadas para esse projeto são analisadas sob o ponto de vista técnico e funcional. Técnico no sentido dos instrumentos utilizados para a gravação e a relação dos presentes na entrevista com a câmera. E funcional, no sentido da função e utilização do material videogravado para os pesquisadores, que também são objeto de pesquisa deste trabalho, uma vez que precisa cumprir com os principais objetivos da videogravação de uma entrevista, objetivos estes que visam auxiliar um operador de câmera nesses momentos.

Palavras-chave: videogravação; gênero; judiciário; entrevista; pesquisa qualitativa

Título: O USO DE CONCEITOS DA GEOGRAFIA POLITICA E DA GEOPOLÍTICA NO ENTENDIMENTO DA FORMAÇÃO ÁREAS DE LAZER NO MUNICÍPIO DE BARRA DO GARÇAS – MT.

Orientador: HIDELBERTO DE SOUSA RIBEIRO

Autor(es):

MÁGDIEL MARTINS RAMOS


Resumo: O Projeto de Pesquisa discute a relação existente entre a construção e a revitalização de algumas obras voltadas, geralmente, aquelas voltadas ao lazer e a manutenção do Poder político local, deve ser também objeto de estudo da Geografia Política e da Geopolítica. O uso do conhecimento geográfico é fundamental para a compreensão do poder, em particular do poder local, em nível de município. Tais disciplinas mostram que a utilização do uso estratégico do poder não ocorre somente entre os militares e os grandes estados. No Brasil, os conhecimentos proporcionados por essas disciplinas mostram que o poder está também incrustrado nos municípios. Nesse processo, os governantes locais utilizam-se de inúmeros recursos políticos e econômicos para se manterem no poder, geralmente, estabelecendo uma relação de codependência com os munícipes à base da reciprocidade de favores e da lealdade. Sendo o município a base menor da federação, ele tem uma importância peculiar na política brasileira, já que é por meio dele que se ocorre o contato direto entre os dirigentes locais com o eleitor, relação que se estabelece uma rede conchavos político/econômico entre as classes dominantes e os munícipes que extrapolam à instâncias maiores como os poderes políticos estaduais e federal. Os conchavos políticos são os principias recursos que permitem que o prefeito mantenha a governabilidade, controle político do poder local, angariar votos, satisfazer os interesses particulares, inclusive garantindo a perpetuação na administração local a partir da indicação de representantes familiares. O que se vê no Município de Barra do Garças-MT, desde 2010, é o uso político de alguns logradouros e espaços públicos transformados em áreas de lazer e em academias de ginásticas, por parte do Governante local. O uso político dessas obras é por elas provocarem maiores impactos junto à população. A Geopolítica e a Geografia Política como disciplinas que estudam o espraiamento do poder num determinado território ou em certos espaços, portanto, tendo por base o real, no caso, os espaços de lazer do Município de Barra do Garças, nos ajudam a desvelar e revelar certas mediações ideológicas, estéticas e políticas que ocorrem nos espaços que formam o território Municipal dessa cidade. Para entender esse, processo foi utilizada a metodologia qualitativa e transdisciplinar. Os métodos para a coleta de informações foram baseados em leitura de bibliografia referente ao tema do poder, observação in loco, fotos, análise dos discursos e entrevistas.

Palavras-chave: Poder local. Controle. Geopolítica. Geografia Política.

Título: O USO DE ROCHAS DE MATO GROSSO PARA FERTILIZAÇÃO DE SOLOS ATRAVÉS DE ROCHAGEM

Orientador: RENATO DANTAS NEDER

Autor(es):

1   ...   150   151   152   153   154   155   156   157   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə