Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə156/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   152   153   154   155   156   157   158   159   ...   201

JHENIFER STEFANI CASTILHO DE ARAUJO FERNANDES


DEBORA DELATORE DA SILVA



ANALIA ARAUJO MACEDO

Resumo: Há hoje uma grande escassez de água potável, por isso este tema tem sido muito abordado e estudado. A potabilidade da água deve atender a vários parâmetros físicos, químicos e microbiológicos que são sugeridos na Portaria do Ministério da Saúde n° 2914/2011. Desta forma, foram realizadas análises microbiológicas de água de consumo para determinação de bactérias heterotróficas, coliformes totais e Escherichia coli, que são parâmetros exigidos na legislação, e de ferrobactérias devido às características ferrosas do solo da área de estudo. A área estudada foi o Bairro Pedra 90 em Cuiabá, Mato Grosso, com amostras de água coletadas em duas estações sazonais (seca e de chuva) em 30 poços rasos e em 5 poços profundos, somente no período de chuvas, utilizados para consumo humano. A técnica para análise de Coliformes totais e Escherichia coli foi à do substrato Cromogênio Fluorogênico com a utilização do meio de cultura Colitag (HEXIS®) com cartelas Quanti-Tray2000(IDEXX®). A técnica adotada para contagem de Bactérias Heterotróficas e ferrobactérias foi o método de plaqueamento em profundidade (Pour Plate) utilizando os meios de cultura: Plate Count Agar (PCA da Merck®) para bactérias heterotróficas e Agar Citrato Férrico Amoniacal (ACFA) para ferrobactérias. Os resultados para as analises de água dos poços rasos do período de estiagem apresentaram contagem de bactérias heterotróficas variando de 25 a 33600 UFC/mL estando em 79,31% das amostras analisadas, fora dos padrões para consumo humano. Na segunda etapa do trabalho (período chuvoso) as amostras analisadas apresentaram densidades variando de 70 a 23950 UFC/mL e 76,67% acima de 500 UFC/mL. Nos poços profundos as amostras de água apresentaram densidades acima do limite estabelecido para consumo humano em 80% das analises com densidade variando entre 66 a >6500 UFC/mL. No período de estiagem a ocorrência de bactérias heterotróficas foi acima dos limites recomendados em 75,86% das amostras analisadas, com densidades variando de 25 a 33.600 UFC/mL e no período chuvoso uma menor ocorrência (68,97%) e menores densidades (70 a 2650UFC/mL). Também para Escherichia coli nenhuma das águas provenientes dos poços rasos atendeu a legislação e os resultados variaram entre 5,2 e 2419,2 NMP/100mL, no período de seca, e, de 1 a 2419,2 NMP/100mL no período de cheia. As análises na água dos poços profundos apresentou contaminação por coliformes totais em 100% das amostras realizadas e ausência de Escherichia coli em 80%. A densidade de ferrobactérias variou entre 9,5 e 7000UFC/mL (período estiagem) e densidade máxima de 1230 UFC/mL no período chuvoso. Os resultados da ocorrência de ferrobactérias podem estar relacionados com o teor de ferro nas águas subterrâneas, mostrando relação entre a localização dos poços, tipos de solos e período sazonal. Logo, é possível concluir que as águas dos poços rasos e profundos, analisados no estudo, apresentaram elevadas concentrações de ferrobactérias e está imprópria para o consumo humano de acordo com a Portaria do Ministério da Saúde n° 2.914/11.

Palavras-chave: Poços; Ferro; Tipos de solo; Bactérias; Portaria 2.914/11.

Título: OCORRÊNCIA DE RICKETTSIAS SPP EM CÃES E EQUÍNOS DO MUNICÍPIO DE SINOP-MT: RESULTADOS PRELIMINARES

Orientador: ARTUR KANADANI CAMPOS

Autor(es):

CAMILA ECKSTEIN


ARTUR KANADANI CAMPOS

Resumo: Sinop localiza-se no bioma amazônico, latitude 11º50'53"S e longitude 50º38'57"W. Originalmente, o solo era coberto pela Floresta Amazônica Meridional e atualmente o processo de urbanização tem alterado esta paisagem. Considerada cidade-pólo da região norte de Mato Grosso e com intenso fluxo e crescimento populacional, são incipientes as ações de vigilância ativa frente às doenças a que os humanos e animais estão expostos e estudos relacionados à distribuição e geolocalização de casos. Neste trabalho conjunto UFMT-Prefeitura Municipal de Sinop/Vigilância Ambiental, realizado entre julho de 2009 e abril de 2010, foram visitadas 227 residências, distribuídas em 32 bairros/regiões do município obtendo-se 244 amostras de soro de cães. Foram também coletadas cerca de 60 amostras de sangue de eqüinos dos haras da região. As amostras de soro de cães foram enviadas a FAMEV/UFMT e submetidas à Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) utilizando antígenos brutos de R. rickettsii, Rickettsia parkeri, Rickettsia amblyommii, Rickettsia rhipicephali e Rickettsia bellii. Os resultados indicaram baixo risco de infecção humana na região estudada. As amostras de soro de eqüinos encontram-se acondicionadas no Laboratório de Doenças Parasitárias da UFMT/CUS, aguardando o processamento. O mapeamento dos casos em cães esta sendo realizado para verificar a distribuição dos casos.

Palavras-chave: Rickettsias ; cães; Sinop.

Título: OCORRÊNCIA DE ROCHAS METAVULCÂNICAS E METAVULCANOCLÁSTICAS NA REGIÃO DO ALTO RIO AREÕES, NOROESTE DE NOVA XAVANTINA-MT.

Orientador: CARLOS HUMBERTO DA SILVA

Autor(es):

TAYLA MONIC LEITE DA CUNHA


Resumo: A Sequência Metavulcanossedimentar Nova Xavantina (SMVNX) é uma associação litológica composta por rochas vulcânicas e vulcanoclásticas, de composição intermediária a básica, e rochas sedimentares químicas depositadas em um ambiente de back-arc durante o evento Brasiliano (750-450 Ma.). A área tipo da Sequência situa-se na região do antigo Garimpo do Aráes a ~15km a oeste da cidade de Nova Xavantina. A partir de um mapeamento em escala de 1:25.000 foi possível identificar uma nova ocorrência de rochas da SMVNX na região do Rio Areões, 30 km a noroeste de Nova Xavantina. Nesta área foi possível identificar as seguintes litologias: metalavas variolíticas, metatufos cineríticos, metatufos de cristais e ainda lapíli-tufo. Associam-se a essas rochas metasedimentos químicos tais como: metacherts quartzosos e metajaspelitos. Essas rochas encontram-se recobertas tectonicamente por metarenitos, filitos, metasiltitos e metacalcários associados ao Grupo Cuiabá. As duas associações litológicas acham-se deformadas por uma tectônica compressiva que gerou dobras normais com caimento, definidas pelo acamamento sedimentar. Paralelo ao plano-axial dessas dobras é observada uma clivagem ardosiana presente em todos os litotipos. O metamorfismo presente nessas rochas é da fácies xisto-verde inferior zona da clorita. Recobrindo as duas associações em discordância angular e temporal, são encontrados arenitos e argilitos correlacionados a base da Bacia do Parecis.

Palavras-chave: Metavulcanossedimentar, mapeamento.

Título: OS EFEITOS DOS FENÔMENOS EL NIÑO E LA NIÑA NO CLIMA LOCAL DE RONDONÓPOLIS

Orientador: DENISE MARIA SETTE



Autor(es):
1   ...   152   153   154   155   156   157   158   159   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə