Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə173/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   169   170   171   172   173   174   175   176   ...   201

MARILIA DANIELE SOARES VIEIRA


Resumo: Geraldi (1998) afirma que o professor deve partir do texto para o trabalho de leitura e produção escrita nas escolas. A análise de textos passa a centrar-se não numa abordagem estritamente linguística, mas na relação com suas condições de produção: “Conceber o texto como unidade de ensino/aprendizagem é entendê-lo como um lugar de entrada para este diálogo com outros textos, que remetem a textos passados e que farão textos futuros. Conceber o aluno como produtor de textos é concebê-lo como participante ativo deste diálogo contínuo: com textos e com leitores” (GERALDI, 1998, p. 22). Com a publicação dos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN – (BRASIL, 1998), as discussões a propósito do ensino de Língua Portuguesa se acentuaram sobre os gêneros discursivos – ou textuais, como querem alguns teóricos. No Exame Nacional do Ensino Médio, processo seletivo responsável pelo ingresso na educação superior, destacam-se propostas de redação que pressupõem certo nível de criticidade para sua elaboração. A partir da análise das cinco provas aplicadas (Enem 2009 prova anulada, Enem 2009, Enem 2010, Enem 2010, Segunda Aplicação, e Enem 2011), pudemos perceber o quanto esse novo modelo tem evoluído e caminhado em direção à proposta do governo, materializada nos documentos oficiais – Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio e Orientações Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. O formato desse exame, bem como a relação entre o novo nível de exigência da prova e o desempenho dos alunos despertaram nosso interesse para a forma de ensino da produção escrita no ensino médio, a fim de preparar os candidatos para esse processo. Por essa razão, desenvolvemos o subprojeto intitulado Propostas de produção escrita apresentadas nas provas do ENEM: Contribuições para formação do professor de Língua Portuguesa, integrado ao projeto Práticas de linguagem no Ensino Básico: a formação inicial e continuada do professor de Língua Portuguesa (CAP 326/2009). Nas propostas de redação, tem sido marcante a inovação nos temas, enquanto que a característica predominante fica a cargo dos textos de apoio, apresentados num padrão simples de artigos jornalístico e campanhas publicitárias ou charges. No entanto, o padrão de exigência estrutural permaneceu inalterado em todas essas edições. Com o objetivo de democratizar o acesso às vagas do ensino superior federal, facilitando e possibilitando a mobilidade acadêmica e induzindo à reestruturação dos currículos do ensino médio, o exame vem tentando provocar uma mudança positiva no ensino brasileiro. Mas o ENEM requer de seus participantes habilidades intelectuais de observação e raciocínio, que não estão sendo, efetivamente, desenvolvidas nas diversas etapas de formação do aluno. Os dados parciais até aqui levantados permitem concluir que é necessário o investimento maciço no ensino da leitura e da escrita. Neste trabalho, analisamos os resultados obtidos, à luz da teoria enunciativo-discursiva, respaldada em Geraldi (2005, 1998, 2010), Petroni (2008), Lopes-Rossi (2002), Rojo (2000, 2012), dentre outros.

Palavras-chave: Leitura/escrita; ENEM; Ensino

Título: PROTEÇÃO DE PLANTAS DE ALGODÃO CONTRA COLLETOTRICHUM GOSSYPII VAR.CEPHALOSPORIOIDES POR ÓLEOS ESSENCIAIS DE PLANTAS MEDICINAIS E DE ESPÉCIES FLORESTAIS.

Orientador: SOLANGE MARIA BONALDO



Autor(es):

MÁRIO ROBERTO NOGUEIRA COLARES


Resumo: A cultura do algodão no norte do Mato Grosso vem conquistando seu espaço como opção de cultivo para os produtores, pois a região apresenta condições climáticas favoráveis para o desenvolvimento da cultura. Entretanto, o algodoeiro possui um alto índice de ataque de pragas e doenças. Entre as doenças fúngicas que atacam a cultura do algodão, a ramulose, apresenta maior importância devido aos danos econômicos que causa na cultura. Assim, o trabalho verificou o potencial de óleos essenciais de plantas medicinais e de espécies florestais, na indução de resistência em algodão contra C. gossypii var. cephalosporioides. Para o desenvolvimento do trabalho foram utilizados os óleos essenciais de plantas medicinais Canela (Cinnamomum zeylanicum), Capim Limão (Cymbopogon citratus), Alecrim (Rosmarinus officinalis); e as espécies florestais Copaíba (Copaifera sp.) e Eucalipto (Eucalipto globolus). O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado com 7 tratamentos e 5 repetições. Foramutilizadas duas cultivares: FMT 701 e FM 910, cultivadas em vasos em casa de vegetação. Aos 43 dias após a semeadura as plantas receberam através de pulverização os óleos essenciais das plantas medicinais e das espécies florestais e as preparações dos tratamentos controles. Água destilada esterilizada foi utilizada como controle negativo e AgroMos utilizado como padrão de indução de resistência.Após o tratamento elicitor as plantas foram mantidas em vasos nas mesmas condições de cultivo. Quarenta e oito horas após o tratamento elicitor, as plantas foram inoculadas por aspersão com suspensão de 1,0 x 105de conídios do patógeno, e mantidas em câmara úmida/12h.A avaliação dos sintomas foi iniciada 7 dias após a inoculação, variando em função do surgimento das lesões no tratamento controle (água), sendo a severidade da doença determinada visualmente. Constatou-se a ocorrência de Ramulária, Alternária e Mancha Angular com infecção natural, e a avaliação destas doenças foi realizada visualmente, com auxílio de escala diagramática. Os óleos essenciais de canela, eucalipto, capim limão, copaíba, alecrim inibiram em 49,1; 24,05; 23,35; 24,5; 31,15%, respectivamente, as lesões de Ramulose,em 25,35; 31,25; 32,85; 34,8; 33,15%; respectivamente, as lesões de Ramulária, em 30; 29,3; 32,25; 31,95; 32,3% respectivamente, as lesões de Mancha Angular e 26,6; 26,65; 25,3; 24,3; 24% respectivamente, as lesões de Alternáriana cultivar FM 910. Na cultivar FMT 701, os óleos essenciais de canela, eucalipto, capim limão, copaíba, alecrim reduziram em 9,2; 24,4; 4,6; 24,75; 24,75% respectivamente, as lesões de Ramulose, em 11,65; 32,9; 4,6; 35,2; 35,6% respectivamente, as lesões de Ramulária, em 11,9; 37,75; 5,3; 39,75; 35,55% respectivamente, as lesões de Mancha Angular, e 11,7; 27,45; 6,2; 24,7; 25,05% respectivamente, as lesões de Alternária. Conclui-se que, os óleos mais eficientes no controle das doenças foram canela, eucalipto, capim limão, copaíba e alecrim na cultivar FM 910 e, canela e capim limão na cultivar FMT 701.

Palavras-chave: Algodão, óleos essenciais, indução de resistência

Título: QUALIDADE DO PREENCHIMENTO DA CADERNETA DE SAÚDE DA CRIANÇA EM MENORES DE UM ANO EM CUIABÁ-MT: ANÁLISE DA SITUAÇÃO VACINAL

Orientador: MARIA APARECIDA MUNHOZ GAÍVA

Autor(es):

1   ...   169   170   171   172   173   174   175   176   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə