Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə174/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   170   171   172   173   174   175   176   177   ...   201

CAROLINE BONATTO CELANT HOLLAND


SIMONE MOURÃO ABUD DE PAULA

Resumo: As vacinas exercem papel fundamental na prevenção de doenças imunopreveníveis e na proteção da saúde da criança, atuando de forma direta na redução da mortalidade infantil, além disso, a imunização faz parte das ações de saúde que objetivam o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento saudável desta população. Este estudo objetivou analisar a qualidade do preenchimento da Caderneta de Saúde da Criança, no que se refere ao acompanhamento da situação vacinal em menores de um ano no município de Cuiabá-MT, no ano de 2011. Estudo descritivo, transversal, realizado com 950 CSC de crianças que compareceram na 2ª Etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite em 2011. Foi utilizado um questionário com questões direcionadas à mãe e outras respondidas por meio de observação direta da CSC. Dados demográficos apontaram que a maioria das mães tinha idade acima dos 19 anos (85,9% - 816), o restante eram adolescentes com idade abaixo dos 19 anos; a idade variou entre 13 e 48 anos, com média de 26 anos. Quanto ao grau de instrução, constatou-se que 80,1% (761) possuíam mais de 7 anos de escolaridade e apenas 0,6% (6) mães não possuíam nenhum ano de estudo. A idade das crianças variou de 0 a 11 meses, com média de 5,4 meses; cerca de 60,2% (572) com = 6 meses de idade. Não houve uma significante diferença de gênero, sendo 51,4% (488) do sexo masculino e 48,6% (462) do sexo feminino. A maioria das mães possuía dois ou mais filhos (51,4% - 514), não trabalhavam fora do lar (59,2% - 562) e quanto à renda familiar, 67% (610) delas possuíam renda menor ou igual a dois salários mínimos. Das 950 cadernetas, 60,3% (573) estavam com o esquema vacinal completo e 39,7% (377) apresentavam algum atraso vacinal. O índice de cadernetas que encontravam-se com a situação vacinal em dia, foi significativamente maior quando a mãe possuía idade maior que 19 anos (51,2%), com mais de sete anos de estudo (48,6%) e com dois filhos ou mais (33,1%). Notou-se um preenchimento acima de 92% para as informações como data da vacinação, número do lote, assinatura do profissional e 98,7% (938) continham o agendamento das próximas doses de vacina. A imunização é fundamental para o crescimento e desenvolvimento da criança. Nesse sentido, o monitoramento da situação vacinal é de extrema importância para avaliar as condições de saúde desta população. A análise do preenchimento da CSC, no que se refere à imunização poderá subsidiar o planejamento e a avaliação das ações desenvolvidas pelas unidades de saúde da família na atenção à criança.

Palavras-chave: saúde da criança, atenção primária à saúde e imunização.

Título: QUALIDADE FÍSICA DE CULTIVARES DE TRIGO IRRIGADO PRODUZIDAS E ARMAZENADAS EM MATO GROSSO

Orientador: CARLOS CANEPPELE

Autor(es):

CINTIA MICHELE DE CAMPOS BARAVIERA


Resumo: O trigo (Triticum spp.) é uma gramínea cultivada em quase todo o mundo. Os grãos e as plantas são destinados para a alimentação humana, animal e na produção de cerveja e feno. Avaliou-se a qualidade física de cultivares de trigo produzidos na Fazenda Sossego localizada no município de Nova Mutum, em Mato Grosso. As amostras foram analisadas no laboratório do Núcleo de Tecnologia em Armazenagem da Universidade Federal de Mato Grosso, nove amostras das cultivares BRS-254, BRS-264, BR 18, Quartzo, Supera, Mirante, Marfim, Guamirim e Brilhante da safra de 2011. Os lotes estavam armazenados em Big-bag, sem o controle de temperatura e umidade relativa do ar durante o período de oito meses. Foram determinados os teores de água dos grãos, o peso hectolitro, a massa de mil grãos e o percentual de impurezas de acordo com a Regra de Análises de Sementes. De acordo com os resultados obtidos, quando comparada às médias do conteúdo de umidade na colheita com os resultados após o período de armazenamento, observou-se que houve redução na umidade para as cultivares Quartzo (12,16%) e Supera (3,20%). As cultivares Quartzo, BR 18 e Guamirim ocorreram acréscimo no peso hectolitro quando comparadas com as demais. A massa de mil grãos em todas as cultivares analisadas tiveram decréscimo em relação as realizadas no período da colheita. No teor de impurezas foi observado maiores percentuais nas cultivares Quartzo (6,42%) e BRS-264 (8,66 %). Grãos de trigo armazenados em condições adequadas de manejo podem permanecer pelo período de um ano sem alterar suas propriedades físicas.

Palavras-chave: Armazenamento, Qualidade, Trigo.

Título: QUALIDADE FÍSICA, SANITÁRIA E NUTRICIONAL EM GRÃOS DE SOJA E MILHO

Orientador: CARLOS CANEPPELE

Autor(es):

VALÉRIA ODA RESENDE


MARIA APARECIDA BRAGA CANEPPELE

Resumo: Os grãos são importante fonte de energia e matéria prima na indústria alimentícia, farmacêutica, química, têxtil entre outras, e estão sujeitos a vários fatores externos que conduzem sua qualidade durante o armazenamento, interferindo nas condições físicas, sanitárias e nutricionais dos grãos, influenciando no padrão comercial e na segurança alimentar. Verificou-se a relação entre a qualidade física e sanitária de grãos de milho e soja, e determinou parâmetros nutricionais para a calibração do Espectrofotômetro NIR SpectraAlyzer OIL and FAT – ZEUTEC. Foram coletadas amostras de grãos de milho e soja de 16 municípios, das regiões Norte, Sul, Leste e Oeste do Estado de Mato Grosso. As características físicas analisadas foram teor de água, massa específica e classificação física de acordo com o padrão oficial. A incidência de fungos foi detectada pelo Blotter Test. Avaliou-se o teor de óleo em milho e soja, e acidez em grãos de soja bons, avariados e picados, determinados pelos métodos analíticos do Instituto Adolfo Lutz. A média da massa específica dos grãos de milho foi de 756 kg.m-3 com teor de água de 10,7%, e de soja foi 684,5 kg.m-3 com teor de água de 14,6%. Em milho, o defeito de maior ocorrência foi grãos Quebrados, sendo o município de Sorriso com maior índice (14,76%). Amostras de Campo Verde e Canarana foram classificadas como abaixo do padrão por matérias estranhas e impurezas, e Diamantino por mofados, ardidos e brotados. Em geral, o defeito de maior ocorrência na soja foram grãos Picados, influenciando no padrão comercial. Na região Oeste, apenas o município de Campo Novo dos Parecis permaneceu dentro do padrão comercial por Matéria estranha e Impurezas. Os fungos predominantes em todos os municípios foram Fusarium spp., Aspergillus spp. e Penicillium spp., tanto para o milho como para a soja, sendo Sorriso, Diamantino, Sapezal e Rondonópolis os municípios com maiores índices de contaminação em milho, e Jaciara, Campo Novo dos Parecis e Sorriso em soja. A média do teor de óleo em milho foi de 4,32% e em soja 21,8%. Grãos de soja avariados tiveram maiores índices de acidez (4,704%). Grãos Quebrados levam o enquadramento dos grãos de milho em Mato Grosso como Abaixo do Padrão, e Picados em soja o leva para Fora de Tipo. Fusarium spp., Aspergillus spp., Penicillium spp. são os fungos predominantes nos grãos de milho e soja em Mato Grosso. Grãos avariados depreciam a qualidade nutricional do produto.

Palavras-chave: Qualidade, Zea mays, Glycine max

Título: QUALIDADE FÍSICO-QUÍMICA DO MEL DE APIS MELLIFERA PRODUZIDO NO NORTE DE MATO GROSSO E COLETADO EM DIFERENTES ETAPAS DE PROCESSAMENTO

Orientador: CARMEN WOBETO

Autor(es):

1   ...   170   171   172   173   174   175   176   177   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə