Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə178/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   174   175   176   177   178   179   180   181   ...   201

FERNANDO DA SILVA LEAL


ÂNGELA SAUTER DALBEM

Resumo: O trabalho tem o objetivo de investigar se o oferecimento de informação pré-operatória padronizada seguindo recomendações do protocolo ACERTO aos pacientes submetidos a cirurgias eletivas do aparelho digestivo melhora os parâmetros clínicos e desconforto pós-operatório.

Foram avaliados pacientes adultos candidatos a cirurgias abdominais eletivas no HUJM no ano de 2010. Excluiu-se pacientes que foram encaminhados a UTI para o pós-operatório imediato pela perda dos endpoints do estudo. A randomização dos pacientes foi feita com ajuda de programa contido no site www.graphpad.com, obedecendo aos preceitos do grupo CONSORT. Os pacientes foram randomizados em 2 grupos: Grupo Informado - que recebeu informação pré-operatória e a cartilha com as recomendações; e Grupo Controle que foi operado sem essas informações. No primeiro dia de pós-operatório, coletou-se dados para quantificar a presença de dor, náuseas e vômitos e avaliar o bem estar pós-operatório por meio de escala visual. Registrou-se o dia de pós-operatório em que o paciente sentou no leito, andou e re-alimentou. Utilizou-se o teste do qui-quadrado e o teste t de student para analise comparativa dos resultados. Os dados estatísticos foram avaliados com nível de significância de 5% (P<0,05).

Foram estudados 146 pacientes, sendo 71 (48,6%) do grupo informado e 75 (51,4%) do grupo controle, sendo 88 (60,3%) do sexo feminino e 58 (39,7%) do sexo masculino, tendo idade média de 44 ± 15 anos. Não houve diferença estatística entre os tipos de cirurgias nos 2 grupos, sendo a colecistectomia a cirurgia mais freqüente, com aproximadamente 52% no grupo informado e aproximadamente 53% no grupo não informado. Sete pacientes em cada grupo sofreram cirurgias envolvendo anastomoses intestinais. Não houve diferença no tempo de cirurgia nos dois grupos, sendo 121 ± 66 minutos no grupo informado e 120 ± 58 minutos no grupo controle (P= 0,95%). Segundo a escala analógica visual, o grupo informado apresentou menor intensidade de dor (2,7 ± 0,25 x 3,8 ± 0,28; P= 0,007) e melhor bem estar (2,8 ± 0,30 x 4,2 ± 0,35; P= 0,003), sem haver diferença na intensidade de náuseas. Não houve diferença no tempo de internação, com uma mediana de 2 dias nos 2 grupos (P=0,74). Não houve diferença quanto à presença de vômitos (19,7% no grupo informado e 29,3% no grupo controle; P=0,18) e na taxa de complicações pós-operatórias (11,2% x 7,2%; P=0,41). O percentual de pacientes com realimentação oral até o primeiro dia de pós-operatório foi significantemente maior no grupo informado (85,9%) em comparação ao grupo não informado (71,2%; P=0,03). Não houve diferença em relação à mobilidade precoce nos dois grupos com a imensa maioria sentando e deambulando até 24 h da operação nos dois grupos.

A informação pré-operatória oferecida de maneira sistematizada a pacientes candidatos a cirurgias abdominais eletivas dentro do protocolo ACERTO beneficia a sua recuperação, diminuindo o desconforto e aumentando a aderência ao protocolo de realimentação precoce.

Palavras-chave: ACERTO; cirurgia; Informação pré-operatória; náuseas; dor; bem-estar

Título: REPRESENTAÇÃO PERMUTACIONAL

Orientador: EUNICE CÂNDIDA PEREIRA RODRIGUES

Autor(es):


GENIVAL GONÇALVES DA COSTA SANTOS


Resumo: A teoria da representação é o estudo e a descrição das possibilidades para concretizar grupos abstratos através de grupos matriciais sobre corpos. Especificamente, uma representação é um homomorfismo de G em um grupo de matrizes invertíveis. Um caso particular de representação

é a permutacional, sendo a mesma fiel (elementos distintos de G são representados por matrizes invertíveis e distintas). Desde que todo grupo finito de ordem n é isomorfo a um subgrupo de Sn (Teorema de Cayley) temos que todo grupo finito possui uma representação fiel. O nosso trabalho

foca-se na construção de alguns exemplos de representações fieis, com ênfase para a representação permutacional.
Palavras-chave: grupo de permutação - teorema de Cayley - representação

Título: REPRESENTAÇÃO SOCIAL DO JOVEM NA SOCIEDADE GUATÓ/MT

Orientador: CARMEN LUCIA DA SILVA

Autor(es):


ALESSANDRA ALVES DE ARRUDA


Resumo: Este trabalho tem por objetivo, apresentar resultados da pesquisa intitulada “Representação Social do Jovem na Sociedade Guató/MT”, realizada durante o ano de 2011/12 enquanto bolsista PIBIC-AF/CNPq. O estudo é parte do Projeto de Pesquisa “Vidas Divididas: Ensino superior e povos indígenas”, registrado na PROPEQ/UFMT sob o Nº160/CAP/2011. Os sujeitos a envolvidos na pesquisa foram os jovens e anciões pertencentes ao povo Indígena Guató, habitantes da Terra Indígena Baía dos Guató, Municipio de Barão de Melgaço, estado do Mato Grosso, aldeia “Aterradinho do Bananal’ minha aldeia de origem e São Bernardo, ambas pertencentes ao Município de Barão de Melgaço. A mesma teve como objetivo verificar, como os Guató tecem as teias de significado da categoria jovem na construção de sua identidade e etnicidade vivendo nos dois mundos, a aldeia e a cidade. Trata-se de uma proposta interdisciplinar na qual procuro desenvolver o estudo no diálogo entre duas áreas de conhecimento que dialogam entre si e se complementam na busca da compreensão do outro: a antropologia e a psicologia. Como método de pesquisa utilizado foi o etnográfico. Durante a realização da pesquisa pode-se através de diferentes estratégias metodológicas efetuar o levantamento de dados a partir de entrevistas abertas, registros de narrativas com os anciões, levantamento sociocultural, mapeamento do território Guató, realização do censo e levantamento bibliográfico.

Palavras-chave: Guató; Representação do Jovem

Título: RINITE ATRÓFICA PROGRESSIVA: ASPECTOS CLÍNICOS, PATOLÓGICOS E DE PRODUTIVIDADE EM SUÍNOS NO ESTADO DE MATO GROSSO.

Orientador: MARCOS DE ALMEIDA SOUZA

Autor(es):

GLEICIELI MONTEIRO PEREIRA


Resumo: A Rinite atrófica progressiva (RAP) é uma doença infecto-contagiosa causada pela ação toxigênica da Bordetella bronchiseptica e Pasteurella multocida, geralmente de evolução progressiva e crônica. Essas toxinas agem no tecido dos cornetos podendo apresentar desde uma leve hipotrofia até uma destruição e deformidade dos focinhos dos suínos. O presente trabalho objetivou realizar um estudo de correlação entre aspectos clínicos, patológicos e de produtividade em suínos apresentando rinite atrófica nas fases de recria e terminação no Estado de Mato Grosso. Foram realizadas 27 monitorias de abate em frigoríficos, onde se avaliou macroscopicamente 14,29% dos focinhos e 48,80% dos pulmões dos animais abatidos durante esse período. Concomitantemente, realizou-se um estudo histopatológico de amostras, fixadas em formol a 10%, dos cornetos e pulmões de suínos necropsiados em granjas ou abatidos em frigoríficos, encaminhados ao Laboratório de Patologia Veterinária – LPV/UFMT, desde janeiro de 2010 a julho de 2012. Na análise visual, a RAP mostrou-se presente em 32,02% dos focinhos, e 23,78% dos pulmões apresentaram pneumonia. Das 80 amostras de focinhos avaliadas microscopicamente pelo LPV/UFMT, 33,75% foram diagnosticados como RAP, sendo que 6,25% destes eram provenientes de frigorífico e 27,50% de outras diversas granjas. Dentre os 65 pulmões enviados ao laboratório, apenas 53,84% não apresentaram alterações microscópicas significativas, sendo o restante diagnosticado como pneumonia, broncopneumonia, pleurite, polisserosite ou Doença de Glässer. A associação entre a avaliação visual dos cornetos e a histopatologia caracterizou lesões de atrofia de diferentes graus, que juntamente com os quadros de pneumonia são responsáveis por importantes perdas econômicas na suinocultura. Podendo recair tanto sobre os produtores, em conseqüência dos gastos com medicamentos, redução do desenvolvimento corporal dos animais afetados e mortalidade, como também sobre a indústria, pela condenação de carcaças nos abatedouros.

Palavras-chave: Focinhos; atrofia

Título: RIQUEZA DE DIPLOPODA (ARTHROPODA, MYRIAPODA) EM DIFERENTES ÁREAS DA AMAZÔNIA MATOGROSSENSE

Orientador: LEANDRO DENIS BATTIROLA



Autor(es):


Поделитесь с Вашими друзьями:
1   ...   174   175   176   177   178   179   180   181   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2019
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə