Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə185/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   181   182   183   184   185   186   187   188   ...   201

DAFNE ALVES OLIVEIRA


JOSIVANNY OLIVEIRA SANTOS

ANA CARLA STIEVEN
Resumo: Dark Septate Endophytes (DSE) é um termo amplo, usado para descrever fungos melanizados, com hifas septadas e microescleródios que crescem inter e intracelularmente, colonizando raízes de plantas. Tem sido sugerido que os DSEs são realizadores de funções de alto interesse econômico, sendo capazes de atuar como promotores do crescimento vegetal e, principalmente, facilitam a absorção de fósforo e nitrogênio, apresentando uma associação mutualista similar à das micorrizas. Tais benefícios são desejáveis em um sistema de Integração Lavoura-Pecuária (ILP). Assim, objetivou-se avaliar o potencial de inóculo por meio da taxa de colonização de fungos DSEs presentes em um solo sob o sistema de Integração Lavoura-Pecuária, na região norte do Estado de Mato Grosso, comparando às áreas de mata nativa e plantio convencional. Para tanto o solo foi coletado em fevereiro de 2011, na profundidade de 0-20 cm, no Município de Santa Carmem – MT e transportado à FAMEVZ/UFMT, onde foi instalado o experimento em casa de vegetação para determinação do potencial de inóculo. Os tratamentos consistiram em: T1: ILP com pasto há um ano e meio antecedido por milho + Brachiaria brizantha cv. Marandu; T2: ILP com soja antecedida por milho + B. ruziziensis; T3: ILP com soja antecedida por B. brizantha cv. Marandu; T4: ILP com arroz antecedido por milheto + B. ruziziensis; T5: ILP com pasto há um ano e meio antecedido por B. brizantha cv. Piatã; T6: Mata Nativa e; T7: Plantio convencional com rotação entre lavoura na safra e pastagem na entressafra. Diluiu-se o solo em material inerte nas proporções de 1:1, 1:2, 1:3 e 1:4, e semeou-se a Brachiaria decumbens como planta-teste, utilizando 8 repetições por diluição para cada tratamento. Aos 30 dias após a emergência (DAE) coletou-se metade do experimento e o restante aos 60 DAE. Para a observação das estruturas típicas de DSE fez-se a coloração de raiz e para a determinação da porcentagem colonizada utilizou-se a técnica de seguimento radicular em lâmina. As médias da porcentagem encontrada foram comparadas pelo Teste t. A porcentagem aos 30 DAE foi superior, provavelmente pela quantidade colonizada ser influenciada pelo estádio fisiológico das plantas. Na ILP, a rotação entre soja e gramínea esteve entre os melhores resultados, enquanto que a mata apresentou as menores taxas de colonização, podendo ser atribuído à estabilidade que esta confere. A boa colonização das áreas com pasto pode ser atribuída à utilização de braquiária, promove a melhoria das propriedades físicas do solo, provavelmente pelo efeito benéfico complementar dos fungos a ela associados. Observa-se que todos os tratamentos apresentam potencial de inóculo, porém este pode ser afetado pela cultura estabelecida e pelo estádio de desenvolvimento das plantas.

Palavras-chave: Taxa de colonização; norte de Mato Grosso.

Título: SISTEMA DE PREDIÇÃO E ANÁLISE DA PRODUÇÃO PRESENTE E FUTURA EM REFLORESTAMENTO DE TECTONA GRANDIS L. NO ESTADO DE MATO GROSSO

Orientador: VERSIDES SEBASTIÃO DE MORAES E SILVA

Autor(es):

GUSTAVO MARTINS NOGUEIRA OLIVEIRA


Resumo: Este trabalho tem por objetivo determinar, através do Índice de Espaçamento Relativo (Índice de Hart-Backing), a quantidade de árvores necessárias a serem desbastadas de modo a evitar a competição para que no corte final se obtenha máxima produção de madeira com a otimização do sítio. Os dados utilizados neste trabalho provêm do plantio de teca (Tectona gradis Linn f.), com espaçamento de 2,2 m x 3 m, no município de Alta Floresta - MT. A teca é uma árvore de grande porte, nativa das zonas úmidas do subcontinente índico e do sudeste asiático. Mundialmente, a teca é apreciada pela qualidade de sua madeira, bem como pela sua rusticidade. A metodologia utilizada foi inicialmente a determinação do melhor modelo matemático que explica o crescimento da planta em função da idade utilizada para a determinação do ponto de cruzamento do incremento corrente anual (ICA) e médio anual (IMA) do plantio. Na idade de cruzamento do ICA e IMA determinou-se o valor do índice de Hart-Backing. O índice serviu de base para a geração das tabelas padrões de referência de controle do índice de densidade, do número de árvores e altura dominante. Concluiu-se, com a aplicação desta metodologia, que se torna possível controlar a densidade do plantio ao longo do processo de produção permitindo cortes intermediários na forma de desbastes mantendo a capacidade máxima de produção do local sem que as árvores do plantio entrem em concorrência.

Palavras-chave: Hart-Backing, teca, manejo

Título: SISTEMA DE PREDIÇÃO E ANÁLISE DA PRODUÇÃO PRESENTE E FUTURA EM REFLORESTAMENTOS DE TECTONA GRANDIS L. NO ESTADO DE MATO GROSSO

Orientador: VERSIDES SEBASTIÃO DE MORAES E SILVA

Autor(es):

IBRAHIM ÉRIK ALI MARTINS


Resumo: Este trabalho tem por objetivo a determinação do volume de cerne, do alburno, a relação cerne/alburno em porcentagem das árvores de Tectona grandis L. Os dados utilizados foram obtidos de 37 árvores-amostra, com idades de 12 anos, localizados na região norte do Estado do Mato Grosso. Após a seleção e derrubada das árvores foram retirados dela discos (seções transversais do tronco), a começar pela extremidade da base, ao redor da altura de 0,10cm, aproximadamente, até o ápice do fuste. A partir da altura do DAP, a árvore é seccionada em intervalos de um metro. A espessura dos discos varia de 3 a 5 cm. Para se medir o diâmetro do cerne e a espessura do alburno foram aplicados procedimentos de Análise de Tronco Completo. A partir do traçado longitudinal é possível fazer a cubagem da árvore em todos os períodos de crescimento.

O Objetivo deste trabalho é determinar a quantidade em porcentagem de cerne e alburno que se forma em árvores de Tectona grandis L. plantadas em Mato Grosso.

A partir dessas medições determina-se o volume das árvores individuais, o volume de cerne, do alburno, a relação cerne/alburno em porcentagem.

Palavras-chave: Teca, volume, cerne, alburno, relação cerne/alburno.

Título: SISTEMAS DE RECUPERAÇÃO DE PASTAGEM EM DEGRADAÇÃO NO CERRADO MATROGROSSENSE: CARACTERIZAÇÃO FÍSICA DO SOLO NO TERCEIRO ANO DE MANEJO

Orientador: TONNY JOSÉ ARAÚJO DA SILVA

Autor(es):

1   ...   181   182   183   184   185   186   187   188   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə