Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə189/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   185   186   187   188   189   190   191   192   ...   201

FERNANDA MARIANA MIRANDA ROSA


Resumo: Este trabalho objetivou a determinação da máxima capacidade de retenção de potássio porsolos mato-grossenses de diferentes texturas cultivadoscom canade-açúcar. As amostras dos solos foram coletadasnas áreas de vegetação nativa das Usinas: Pantanal (Jaciara - solo arenoso), Barralcol (Barra do Bugre - solo arenoso) e Itamarati (Campo Novo do Parecis-solo argiloso). As amostras dos solos foram caracterizadas química e granulometricamente. O ensaio de sorção consistiu em pesar 0,5 g de solo num tubo de centrifuga de 50 mL, em triplicata, e adicionar soluções contendo concentrações crescentes de potássio ( 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 10 mmol) agitar por 24 horas e em seguida centrifugar e determinar em fotometro de chama a quantidade de K na solução deequilíbrio. O potássio sorvido aos solos foi obtido calculando-se a diferença entre a quantidade adicionada e a quantidade na solução de equilíbrio. O pH nos solos avaliados variaram de 4,3 a 5,7 faixa situada na região de acidez alta a média, a porcentagem de matéria orgânica maior foi observada no solo argiloso da Usina de Itamarati de 10,21 á 13,45 %. Nos solos arenosos a matéria orgânica foi de 1,50 a 7,75%. A capacidade sortiva do solo arenoso da Usinade Jaciara e de Barra tiveram variação de 8,71 a 9,56 mg K L-1 de 10,88 a 11,51 mg K L-1 , respectivamente, no solo argiloso da Usina Itamarati a variação da sorção de K foi de 12,79 á 13,22 mg K L-1. Nos três solos estudados as concentrações iniciais nas isotermas lineares ainda não foi possível obter sua máxima capacidade de sorção.

Palavras-chave: sortividade, variação textural, indústria do açúcar e álcool.

Título: SUBJETIVAÇÃO JUVENIL NA CLASSE MÉDIA: IDENTIFICAÇÕES DE JOVENS ESTUDANTES DO CURSO DE MEDICINA (ANÁLISE DE ENTREVISTAS)

Orientador: MARIA APARECIDA MORGADO

Autor(es):

ANA CAROLINA BARROS SILVA


MARIA APARECIDA MORGADO

Resumo: Este estudo integra o Projeto de Pesquisa “Subjetivação Juvenil na Classe Média: Identificações de Jovens Estudantes do Curso de Medicina - UFMT, vinculado ao Grupo de Pesquisa Educação, Jovens e Democracia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). A pesquisa possui três etapas. A primeira consistiu em análise de entrevistas feitas com estudantes de medicina acerca de suas expectativas profissionais. A segunda trata-se da análise de entrevistas realizadas com médicos atuantes, formados pela UFMT. E na terceira e última etapa, foi realizada uma análise comparativa entre os resultados obtidos nas fases anteriormente citadas. As análises mostraram que há uma identificação fortemente estabelecida pelos estudantes de medicina e médicos com o ideário da classe média, embora haja evidências de que os contextos históricos diferentes vivenciados pelos dois grupos acarretaram diferenças nas identificações dos indivíduos.
Palavras-chave: Identificação; Subjetivação Juvenil; Psicanálise.

Título: SUBJETIVAÇÃO JUVENIL NA CLASSE MÉDIA: IDENTIFICAÇÕES DE JOVENS ESTUDANTES DO CURSO DE MEDICINA (UFMT)

Orientador: MARIA APARECIDA MORGADO

Autor(es):


VAMIR NOGUEIRA MOREIRA FILHO


MARIA APARECIDA MORGADO


Resumo: A identificação juvenil na classe média a que se refere este trabalho é representada pela análise dos questionários da pesquisa Subjetivação Juvenil na Classe Média (Morgado, 2008), que focaliza os alunos do curso de Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), no campus da cidade de Cuiabá, que entraram nos anos de 2005 e 2006, fazendo comparação com questionário aplicado naqueles que foram estudantes das primeiras turmas de medicina e que entraram na faculdade nos anos de 1980 e se formaram em 1986, onde são analisadas questões socioeconômicas, como renda familiar, se esta é uma renda fixa, qual nível de instrução dos pais, se de fato a pessoa que cursa medicina tem condições de se manter economicamente enquanto faz um curso integral. Ao olharmos a renda familiar poderemos também observar quais as condições da família para sustentar um estudante de medicina tanto os que têm sua família residindo em Cuiabá, quanto aqueles tem suas famílias morando fora da capital matogrossense, além de verificar se os estudantes têm que trabalhar para que consiga se manter na faculdade.

Outro fator analisado são as questões geográficas, isto é, de onde é a família do estudante e onde este cursou o ensino médio. A importância disso se dá ao termos o conhecimento que Cuiabá tem uma grande população sulista e que Mato Grosso, assim como sua capital, não dispõe dos melhores sistemas educativos no país, desta forma atrai muitas pessoas de outros estados que possuí este sistema educativo melhor para vir fazer faculdade em Cuiabá.

E a partir dessa análise poderemos discutir alguns processos identificatórios que a medicina traz para um pretendente, ou para quem a cursa, como os pensamentos de ascensão social e de status na sociedade. Além disso os estudantes de Medicina focalizados, tem-se o pensamento que a eles serão destinados lugares estratégicos na vida social, assim como a outros jovens universitários de classe média. Além disso, a saúde é, talvez, a condição que mais preocupa a humanidade em todas as classes sociais. No entanto, as transformações no capitalismo brasileiro e o empobrecimento de setores majoritários da classe média vêm restringindo as possibilidades de ascensão econômica nas profissões liberais. É nessa medida que os processos socioeconômicos produzem efeitos na subjetivação juvenil de classe média em termos identificatórios.

Palavras-chave: Subjetivação Juvenil; Jovens; Processos Identificatórios; Classe Média; Medicina.

Título: SUPLEMENTAÇÃO DO MEIO DE CONGELAMENTO DO SÊMEN COM VITAMINA C E QUALIDADE SEMINAL PÓS-DESCONGELAMENTO

Orientador: LUCIANA KEIKO HATAMOTO ZERVOUDAKIS

Autor(es):


PEDRO PAULO TSUNEDA


Resumo: A criopreservação é uma técnica que possibilita uma melhor conservação e otimização da utilização do sêmen. Porém os processos de congelamento e descongelamento promovem uma redução na fertilidade espermática, possivelmente pelo aumento do estresse oxidativo. A vitamina C é normalmente conhecida pelas suas propriedades antioxidantes, sendo o antioxidante mais importante no organismo e solúvel em água. Ela está presente no plasma seminal melhorando a qualidade do espermatozoide e protegendo-o do dano oxidativo. Objetivou-se avaliar se a suplementação com vitamina C do meio de congelamento alteraria a viabilidade e a qualidade de sêmen bovino congelado. Foram utilizadas amostras de sêmen, obtidas através da técnica de eletro-estimulação, de 16 touros jovens da raça Nelore (Bos taurus indicus) com idade entre 2 e 3 anos, fertilidade comprovada e sem alterações do trato reprodutivo. De cada ejaculado retiraram-se duas alíquotas que foram posteriormente diluídas, uma com diluente a base de Tris-gema-citrato (GC) e outra com diluente base suplementado com 0,45mg/ml de vitamina C (GS). As alíquotas diluídas foram resfriadas a 4ºC por 4 horas, sendo então envasadas em palhetas de 0,5ml e depois mantidas por 15 minutos a 5 cm em vapor de nitrogênio sendo então mergulhadas em nitrogênio liquido. O descongelamento foi realizado em banho-maria a 36ºC por 30 segundos, imediatamente após o descongelamento foram avaliadas a motilidade (MOT) e vigor (VIG) espermáticos, a viabilidade espermática (EOS), integridade de membrana acrossomal (POPE) e o nível de peroxidação lipídica (TBARS). O experimento foi realizado em delineamento inteiramente casualizado, com 2 tratamentos e 16 repetições, sendo o ejaculado a unidade experimental. Os dados foram analisados através do programa SAS, com um nível de significância de 10%. Não foi observado efeito significativo (p>0,10) da suplementação com vitamina C no meio de criopreservação do sêmen bovino sobre MOT - GC(33,75 ± 2,90) e GS(34,06 ± 3,23), VIG - GC(2,06 ± 0,14) e GS(2,25 ± 0,14), EOS - GC(66,43 ± 2,32) e GS(63,89 ± 2,40), POPE - GC(92,03 ± 0,94) e GS(93,03 ± 0,74), TBARS - GC(0,11 ± 0,04) e GS(0,13 ± 0,04). Com base nos resultados conclui-se que a suplementação do meio de congelamento com vitamina C não protegeu a célula espermática contra os danos da criopreservação, entretanto vale ressaltar a importância da necessidade de mais pesquisas em relação a esse assunto.

Palavras-chave: Estresse oxidativo, fertilidade, espermatozoide, criopreservação

Título: SUPLEMENTAÇÃO DO MEIO DE CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN COM VITAMINA E UTILIZADO NA PRODUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES BOVINOS

Orientador: LUCIANA KEIKO HATAMOTO ZERVOUDAKIS

Autor(es):

1   ...   185   186   187   188   189   190   191   192   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə