Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə41/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   37   38   39   40   41   42   43   44   ...   201

RÓGER VINICIUS NUNES QUEIROZ DA COSTA


Resumo: Diabetes mellitus (DM) é uma síndrome de etiologia múltipla caracterizada por hiperglicemia crônica. Esta hiperglicemia induz o aumento na produção de espécies reativas de oxigênio e diminuição das defesas antioxidantes. Devido às complicações causadas pela doença, muitos indivíduos optam por terapias alternativas à base de plantas medicinais para amenizar seus efeitos. A Arrabidaea chica Verlot conhecida como crajiru, é uma planta medicinal arbustiva brasileira, comumente encontrada na Floresta Amazônica, sendo utilizada popularmente no controle de diversas patologias, dentre as quais o diabetes. O objetivo do trabalho foi avaliar o potencial antidiabético, antioxidante e toxicidade do EBHOH das folhas do crajiru. As folhas do crajiru foram coletadas no Vale do Juruena-MT, sob coordenadas: S 11º19.055’ W 058º 38.068, em Julho de 2011. Após ser limpo e seco à temperatura ambiente, o material botânico foi triturado, macerado em etanol 70%, filtrado e concentrado em evaporador rotativo à temperatura constante de 40°C. O possível efeito antioxidante do extrato foi avaliado in vitro pelo método de DPPH (1,1-difenil-2-picrilhidracril) conforme descrito por Mensor (2001). Esta técnica consiste em verificar a capacidade do extrato em captar radicais livres. O ácido ascórbico foi utilizado como controle positivo. O possível efeito antidiabético do extrato, foi avaliado in vitro através da capacidade inibitória da enzima a-glicosidase (CI-50), que consiste em inibir 50% da produção de glicose, liberada na quebra do substrato pela enzima a-glicosidase de acordo com a metodologia descrita por Nishioka et al. (1998). O teste de toxicidade aguda (teste hipocrático) foi realizado em camundongos machos e fêmeas (25-30g) tratados com EBHOH das folhas do crajiru nas doses de 625,1250,2500,5000 mg/kg administradas por via oral uma única vez. Os animais controles receberam volume igual de TWEEN 80 a 2% (solvente utilizado na solubilização do extrato). Após a administração do extrato os animais foram observados individualmente nos tempos 0,5,10,15,30 minutos; 1,2,4 e 8 horas durante 15 dias (uma vez ao dia). As observações comportamentais gerais foram anotadas em tabela adaptada dos trabalhos de Malone (1967). Para cada dose foram utilizados 3 animais tratados e 3 animais controles. O extrato apresentou um CD-50 para o DPPH de 82,5 µg/mL, enquanto o controle positivo um CD-50 de 7,7 µg/mL e CI-50 para a a-glicosidase de 2,951 mg/mL, enquanto o controle positivo apresentou CI-50 de 5,116 mg/mL. No teste hipocrático o EBHOH do crajiru, não desencadeou óbito nas doses administradas, no entanto foram evidenciados predominantemente os efeitos estimulantes: lamber patas, tremores finos e piloereção sendo alguns destes efeitos atribuídos à ação afrodisíaca característica da planta. Os dados mostram que o EBHOH das folhas do da Arrabidaea chica Verlot apresentam um excelente potencial antidiabético e antioxidativo, que podem contribuir no controle do diabetes.

Palavras-chave: Arrabidaea chica Verlot, Diabetes Mellitus, Teste Hipocrático

Título: AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES FÍSICO-HÍDRICAS DOS SOLOS CULTIVADOS COM ALGODOEIRO ADENSADO EM MATO GROSSO

Orientador: EMILIO CARLOS DE AZEVEDO

Autor(es):

PÂMELA PALHANO FERREIRA


Resumo: O entendimento das relações entre os fatores que influenciam diretamente nas condições físico-hídricas dos solos cultivados com algodão adensado no Estado de Mato Grosso é importante, uma vez que devem ser mantidas as condições físicas de solo adequadas para o desenvolvimento da cultura. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi de analisar e avaliar as condições físico-hídricas que estejam relacionadas com os atributos físicos dos solos cultivados com algodoeiro adensado em Mato Grosso. Foram selecionados 21 locais de cultivo com algodoeiro adensado no Estado. Em cada um destes locais selecionados foram coletadas amostras deformadas e indeformadas de solos em três pontos na linha de plantio nas profundidades 0-20, 20-40, 40-60, 60-80 e 80-100 cm. As amostras foram encaminhadas para o Laboratório de Física do Solo/FAMEV e submetidas a analises de textura, porosidade total, macroporosidade, microporosidade, e densidade do solo pelo método do anel Koppeck, conforme metodologia da EMBRAPA (1997). Os resultados mostram que os solos apresentaram bom valor médio de porosidade total (53,08%), mas a distribuição entre macro e microporos não foram próximos dos ideais, sendo 38,43% para macroporos e 14,65% para microporos, atributos estes que interferem diretamente na taxa de infiltração e retenção de água do solo, respectivamente. Os valores de macroporos foram superiores ao ideal de 25%, mostrando assim, que os solos em geral mostraram boa infiltração de água. Com relação aos valores de microporos de 14,65%, indica que os solos em geral apresentaram pouca retenção de água, tendo em vista que o valor ideal é de 25%. Os solos estudados, predominantemente, foram enquadrados na classe textural muito argilosa, em razão de do teor médio de argila ter sido de 782 g/kg. O valor médio de densidade do solo encontrado foi de 1,21 ton/m3, estando dentro da faixa de valores ideias para solos desta classe textural, o que indica que em geral os solos não se apresentaram compactados. Desta forma, conclui-se que apesar dos valores dos atributos indicarem que não houve, em geral, a compactação do solo, os mesmos indicam que houve alteração na distribuição de poros de forma que os solos diminuíssem a sua retenção de água. Desta forma, observa-se que existe relação entre os atributos físicos e as condições físico-hídricas do solo (retenção e infiltração de água), e que o entendimento destas relações possibilita avaliar as condições do solo com o objetivo de serem tomadas medidas que visem a melhoria da produção do algodoeiro adensado aliado a uma boa conservação do solo.

Palavras-chave: Retenção de água, infiltração de água, atributos físicos.

Título: AVALIAÇÃO DE CARACTERÍSTICAS ZOOTÉCNICAS DO HÍBRIDO JUNDIARA EM PESO DE ABATE

Orientador: PAULA SUELI ANDRADE MOREIRA

Autor(es):

1   ...   37   38   39   40   41   42   43   44   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə