Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə65/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   61   62   63   64   65   66   67   68   ...   201

ANA PAULA MARTINS PINHEIRO SANTOS


Resumo: Registrando 652 espécies, no Brasil a diversidade de mamíferos ainda é pouco conhecida. Os estudos feitos com pequenos mamíferos podem gerar dados tendenciosos dependendo do método de captura utilizado, assim a combinação de diferentes métodos de amostragem permite a obtenção de estimativas mais precisas. O presente estudo teve como objetivo comparar a eficiência de três tipos de armadilhas na captura de pequenos mamíferos não voadores em uma região de campo nativo do Pantanal de Poconé-MT. Nesse estudo a comunidade de pequenos mamíferos foi amostrada em 17 áreas localizadas na fazenda São Sebastião do Borba no Pantanal de Poconé. As armadilhas utilizadas para as capturas foram Sherman (250x80x90mm),Tomahawk(300x160x160mm) e armadilhas de interceptação e queda (‘Pitfalls’). Para verificar a eficiência das armadilhas Tomahawk e Sherman foram realizadas três coletas em períodos de seca distintos entre agosto de 2010 e julho de 2011 em 10 sítios durante cinco noites consecutivas. Nesses sítios foram distribuídas dez armadilhas do tipo Sherman e dez do tipo Tomawawk, que foram estabelecidas em quatro linhas paralelas, distante entre si 10 metros. Os indivíduos capturados foram marcados, identificados e posteriormente feita a biometria dos mesmos. Para verificar a eficiência dos pitfalls foram realizados nove dias de coletas durante o mês de novembro de 2011. Amostrou-se 10 sítios, desses, três eram em comum com os amostrados na captura utilizando sherman e Tomahawk. Cada sítio continha uma linha reta de 25 metros, na qual foram dispostas quatro baldes de 60l intercalados entre si. Os indivíduos coletados foram eutanasiados com éter, identificados e em seguida foram feitas as biometrias dos mesmos. O esforço amostral total foi de 3.360 armadilhas noite (a.n), onde foram capturados 126 indivíduos de oito espécies distintas. O sucesso de captura total foi 3,75%. Holochilus sciureus, Necromys lasiurus e Calomys callosus foram as espécies com maior abundância durante todo o estudo. As armadilhas de queda alcançaram a maior taxa de captura e riqueza durante todo o estudo, sendo em média 11 vezes mais eficiente do que as Shermans. Entretanto, quando comparamos as armadilhas do tipo Tomahawk com as Shermans a diferença encontrada é muito baixa. A espécie Akodon sp foi capturado somente em armadilha do tipo pitfall. Embora a riqueza registrada para as armadilhas Tomahawk seja a menor do estudo, as espécies Cavia operea e Philander canus foram capturadas exclusivamente nesse tipo de armadilha. Além disso, as armadilhas Tomahawk capturaram animais maiores enquanto que os animais de pequeno porte (inclusive juvenis) tiveram alto índice de captura nas armadilhas de queda e interceptação.

Em estudos anteriores realizados em campos nativos não manejados com fitofisionomia semelhante foi registrada uma menor riqueza de roedores e marsupiaisdo que a encontrada no presente estudo. Além, disso a composição faunística foi distinta e apenas uma espécie foi comum aos dois levantamentos (C. cf. callosus).

Palavras-chave: roedores, marsupiais, taxa de captura, pastagens nativas, campo sujo.

Título: COMPARAÇÃO DE MÉTODOS DE ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DE REFERÊNCIA EM ALGUMAS REGIÕES DO ESTADO DE MATO GROSSO

Orientador: JOSÉ HOLANDA CAMPELO JÚNIOR

Autor(es):

DANIEL PRETTO FREITAS


Resumo: A evapotranspiração de referência é um parâmetro importante para determinar a necessidade de água das plantas e pode ser estimada a partir de dados coletados em estações meteorológicas. O estado de Mato Grosso possui apenas 12 estações meteorológicas convencionais com acervo de dados utilizáveis para estas estimativas. Entretanto, possui um total de 34 municípios que detém estações meteorológicas automáticas em funcionamento para a coleta de dados, porém, muitas dessas estações são recentes ou não possuem um acervo de dados adequado para ser utilizado em determinados estudos científicos, devido ao tamanho da série ou então a problemas de interrupção de funcionamento durante algum período, inviabilizando o estudo. O objetivo do trabalho foi obter estimativas de evapotranspiração de referência para as estações automáticas existentes em Mato Grosso.

Os dados foram obtidos no Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), foram organizados em planilhas e separados em 36 decêndios a cada ano, sendo posteriormente utilizados em quatro métodos de estimativa de evapotranspiração de referência (Penman, , Linacre, Thornthwaite e Hargreaves & Samani). Os resultados foram comparados com o método de Penman-Monteith, utilizado atualmente como padrão pela FAO (Food and Agriculture Organization).

Essa comparação entre os métodos teve como objetivo avaliar a precisão, a facilidade de aplicação e as diferenças de estimativa entre cada um dos métodos estudados, e foi aplicada seguindo procedimentos recomendados por Camargo e Sentelhas (1997) e Willmott (1982).

Os resultados obtidos serão utilizados na avaliação do grau de risco no zoneamento da deficiência hídrica da cultura do algodoeiro cultivado de forma adensada.

Palavras-chave: Evapotranspiração de Referência

Título: COMPARAÇÃO ENTRE OS CLASSIFICADORES SUPPORT VECTOR MACHINE E SPECTRAL ANGLE MAPPER APLICADO À DIFERENCIAÇÃO DAS FITOFISIONOMIAS DO PARQUE ESTADUAL DO ARAGUAIA (MT).

Orientador: GUSTAVO MANZON NUNES

Autor(es):


ITALO LUIZ CORREA LENZI


Resumo: O Sensoriamento Remoto e técnicas de processamento digital de imagens vêm sendo amplamente utilizado como alternativa para a obtenção de informações, atualmente, apresenta-se como uma das alternativas mais viáveis para a execução de ações de manejo, conservação e monitoramento de unidades de conservação. Tendo em vista o Plano de Manejo do Parque Estadual do Araguaia (PEA), se faz necessário conhecer as diferentes fitofisionomias presentes no PEA, especialmente porque constituem uma informação essencial para o estudo do ecossistema úmido e sua diversidade, além dos possíveis impactos resultantes das atividades antrópicas. O objetivo deste trabalho é comparar algoritmos de classificação de imagens, de modo que seja possível optar entre o de melhor acurácia para a elaboração do mapa temático da distribuição das fitofisionomias do Parque Estadual do Araguaia (PEA). Através dos classificadores Support Vector Machine (SVM) e Spectral Angle Mapper (SAM), foram processadas as imagens do sensor ASTER (Advanced Spacebone Thermal Emission and Reflection Radiometer). Estas imagens provenientes do sensor ASTER a bordo do satélite TERRA adquirem dados nos comprimentos de ondas entre a faixa do visível e infravermelho médio, sendo três bandas no VNIR e seis bandas no SWIR. Para a análise considerou-se as seguintes classes: Água, Varjão, Ipucas, Monchão, Cerrado Strictu Sensu, Cerradão, Bancos de Areia e Solo Exposto. As amostras de treinamento coletadas foram utilizadas para ambos os algoritmos com a diferença que o SAM utiliza assinaturas espectrais como base em sua classificação, já a SVM cria um hiperplano ótimo de separação entre as classes com base nas amostras de cada classe. De posse das classificações geradas por cada algoritmo gerou-se a matriz de confusão com dados coletados em campanha de campo, sendo possível calcular o coeficiente Kappa. Os resultados obtidos apontaram o SVM como superior ao SAM com uma precisão no coeficiente Kappa de 0,90 considerada como excelente.

Palavras-chave: Áreas Úmidas, Sensoriamento Remoto, Algoritmos de Classificação

Título: COMPORTAMENTO DE VARIEDADES DO ALGODOEIRO QUANTO REAÇÃO À FUSARIUM OXYSPORUM F.SP. VASINFECTUM, AGENTE CAUSAL DA MURCHA DE FUSARIUM.

Orientador: DANIEL CASSETARI

Autor(es):

1   ...   61   62   63   64   65   66   67   68   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə