Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə90/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   86   87   88   89   90   91   92   93   ...   201

RAFAEL LOVERDE OLIVEIRA


Resumo: O presente estudo visou acompanhar, via indice de vegetação da diferença normalizada (NDVI), o desenvolvimento da cultura da soja (uma variedade com ciclo curto , TMG 123 de 95 dias, e duas com ciclos médio, TMG 132 de 120 dias e MONSOY 8457 de 125 dias), em nível de talhões, numa Fazenda localizada no sul do Estado de Mato Grosso, no município de Itiquira, na safra 2011/2012. Para tanto foi necessário a obtenção de dados feno-climatológicos, tais como: calendário de plantio, colheita, de aplicações de defensivos agrícolas, sistemas de plantio e de adubação e registros fotográficos para acompanhamento do desenvolvimento das plantas através de medições in loco realizadas em 3 trabalhos de campo. Também foi utilizado um mapa georeferenciado com os limites dos talhões estudados (produzido no âmbito do projeto maior), e dados espectrais (NDVI) extraídos de imagens do sensor MODIS, subproduto MOD09GQK da coleção 5. O NDVI foi calculado utilizando as bandas 1 e 2 (vermelho e infra-vermelho próximo) do sensor que apresentam resolução temporal de no máximo 2 dias e espacial de 250m. Os valores foram extraídos das imagens utilizando-se o vetor com os limites dos talhões e em seguida foram processados numa planilha de cálculos na qual também se elaborou os gráficos do perfil-temporal de cada talhão/variedade em cada data/fase de desenvolvimento das plantas de soja. Buscou-se correlacionar as demais informações feno-climáticas coletadas no escritório da fazenda com as curvas dos perfis temporais do NDVI verificados em cada talhão. Assim, dados como os ciclos das plantas, datas de plantio e colheita, distribuição temporo-espacial da precipitação pluviométrica, tipo de solo dos talhões e as quantidades e frequências das aplicações dos defensivos agrícolas e o próprio desenvolvimento das plantas (verificado com medições in loco e registros fotográficos) foram de suma importância para se compreender as variações no desenvolvimento fisiológico das plantas entre os talhões, como também, dentro de um mesmo talhão. Como principais resultados verificou-se, em escala temporal, grande proximidade nos valores de NDVI entre talhões que possuíam a mesma variedade de soja, por conta de características próprias concedidas pela técnica de transgenia; tanto a escassez como excesso de chuvas, afetaram o desenvolvimento da planta e consequentemente os valores de NDVI; já com a aplicação de defensivos não foi possível de se estabelecer uma relação válida, pois essas aplicações não são realizadas exatamente após o ataque de cada peste. Desse modo, concluiu-se que é possível utilizar as imagens MODIS para o monitoramento do desenvolvimento das plantas de soja durante uma safra, sobretudo, com o auxílio de informações feno-climáticas medidas in loco e fornecidas pelas fazendas.

Palavras-chave: Cultivo da Soja, Imagens MODIS, índice de vegetação

Título: DETERMINAÇÃO DO HERBICIDA GLIFOSATO EM AMOSTRAS ÁGUA POR CROMATOGRAFIA LÍQUIDA COM DETECÇÃO ELETROQUÍMICA.

Orientador: MARILZA CASTILHO

Autor(es):

DOUGLAS ARRUDA RAMALHO


Resumo: O objetivo deste trabalho está relacionado à determinação do herbicida glifosato (GLI), em amostras de água utilizando cromatografia líquida aliada à detecção eletroquímica. O sistema cromatográfico é constituído de uma bomba, um injetor, uma coluna Luna NH2 da Phenomenex, e como fase móvel solução tampão fosfato 50,0 mmolL-1 pH 6,7 a um fluxo de 1,0 mL min-1. Na detecção empregou-se uma célula eletroquímica de fluxo do tipo thin-layer, onde o fluxo da coluna segue paralelo a superfície do eletrodo de trabalho, confeccionada em corpo de aço inox 316L que funciona como contra eletrodo. Foi utilizado um micro eletrodo de cobre como eletrodo de trabalho e um eletrodo de Ag/AgCl (KCl 3,0 molL-1) como eletrodo de referência. A resposta do eletrodo de cobre se deve a formação de uma micro camada de óxido em função da aplicação de um potencial de +0,3 V, e posterior interação desta camada com a molécula de GLI formando um complexo solúvel e ocasionando um aumento na corrente anódica do eletrodo, no tempo de retenção de 5,2 min. As curvas analíticas, para a faixa de concentração de 2,50 a 15,00 ppm de GLI, apresentaram excelente linearidade com coeficientes de correlação linear acima de 0,99. A repetitividade do método foi avaliada por meio de cinco injeções consecutivas de uma solução padrão de GLI e apresentou um desvio padrão relativo (%DPR) de 2,0 %. Os limites de detecção (LD) e de quantificação (LQ) encontrados foram de 0,27 e 0,89 ppm respectivamente, calculados como 3 Sy/x/b e 10 Sy/x/b, sendo o Sy/x o desvio padrão e b a inclinação da reta de regressão linear. Uma amostra de água Milli-Q foi fortificada com 5,0 ppm de GLI e encontrado 86% de porcentagem de recuperação, pela calibração com padrão externo. O método apresentou boa precisão e exatidão satisfatória, e pretende-se aplicá-lo na determinação de GLI em amostras reais de nascentes e rios de regiões de larga produção agrícola que utilizam este pesticida.

Palavras-chave: Glifosato, detecção eletroquímica.

Título: DIAGNOSE, EPIDEMIOLOGIA E CONTROLE DE DOENÇAS ASSOCIADAS Á SÍNDROME DA MORTE SUBITA EM BRACHIARIA BRIZANTA NO ESTADO DE MATO GROSSO

Orientador: PROFA. DRA. LEIMI KOBAYASTI

Autor(es):

MARLLON DARLLAM S DE ALMEIDA


Resumo: DIAGNOSE, EPIDEMIOLOGIA E CONTROLE DE DOENÇAS ASSOCIADAS Á SÍNDROME DA MORTE SUBITA EM BRACHIARIA BRIZANTA NO ESTADO DE MATO GROSSO.
O capim-marandu (Brachiariabrizantha cv. Marandu) é uma gramínea com boa aceitação pelos produtores, principalmente nas regiões do Cerrado e Amazônia. Porém, nos últimos dez anos tem-se verificado a morte das pastagens no Brasil, especialmente nas regiões Centro-Oeste e Norte Ao conjunto de fatores como degradação ambiental e das pastagens em função do uso contínuo sem manutenção adequada das áreas, estresse hídrico na estação seca ou excesso de umidade que causam alterações nas pastagens denominou-se a síndrome da morte súbita da pastagem. Em estudo realizado no laboratório de Fitopatologia da FAMEV/UFMT, amostras de plantas com sintomas de morte súbita foram incubadas na câmara úmida onde os fragmentos foram divididos em folhas e colmo. Foram detectados e quantificados os fungos fitopatogênicos: em folhas: Bipolarissorokiniana(50%), Nigrosporoasphaerica(39%), Fusariumsolani(27%) eCurvularialunata(17%); no colmo: F. solani(57%), N. sphaerica(18%), Verticilliumsp. (13%), B. sorokiniana(10%).

Palavras-chave: Pastagens, degradação

Título: DIAGNÓSTICO AMBIENTAL DA REGIÃO DE COCALINHO - MT

Orientador: GISLAINE AMORÉS BATTILANI

Autor(es):

1   ...   86   87   88   89   90   91   92   93   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə