Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə92/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   88   89   90   91   92   93   94   95   ...   201

ALVARO FELIPE DE LIMA RUY DIAS


Resumo: As leishmanioses são doenças endêmicas que ocorrem em vastas áreas tropicais e subtropicais, sendo considerada uma zoonose, antroponose ou antropozoonose. A forma mais grave da doença é a leishmaniose visceral ou calazar. No Brasil, a leishmaniose visceral é transmitida pelo flebotomíneo Lutzomyia longipalpis, que através do repasto sanguíneo, inocula o agente etiológico denominado Leishmania chagasi no cão, considerado o principal reservatório urbano decorrente de sua proximidade com o homem. As características clínicas da leishmaniose visceral canina (LVC) são inespecíficas e mimetizão outras doenças, sendo que mais de 50% dos animais permanecem assintomáticos, podendo nunca apresentar sinal clínico. Assim, buscou-se verificar através da citologia do esfregaço sanguíneo de ponta de orelha a presença de amastigotas de Leishmania spp. em cães atendidos no HOVET-UFMT e domiciliados em comunidades ribeirinhas da Baixada Cuiabana: Barranco Alto, Praia do Poço, Engenho Velho, Bom Sucesso, Passagem da Conceição, Varginha e São Gonçalo Beira Rio. Foram analisados 250 cães de ambos os sexos, raças variadas e diferentes faixas etárias, sendo coletadas 179 amostras de esfregaço sanguíneo de ponta de orelha, no período de agosto de 2011 a fevereiro de 2012, apresentando formas amastigotas em apenas uma amostra. Este achado pode ser justificado pelo fato de o sangue periférico apresentar baixa sensibilidade, decorrente da baixa carga parasitária circulante. Dessa forma, conclui-se que a observação de formas amastigotas em esfregaço sanguíneo de ponta de orelha determina o diagnóstico de leishmaniose visceral, porém a inobservância do parasita não descarta a suspeita da doença, devendo-se optar por exames complementares mais sensíveis como sorológicos e moleculares.

Palavras-chave: Calazar, citologia, flebotomíneo, amastigota.

Título: DIAGNÓSTICO E INTERVENÇÃO ADMINISTRATIVA

Orientador: LILIANE CRISTINE SCHLEMER ALCÂNTARA

Autor(es):

JOSE PAULO KUCZMARSKI JUNIOR

Resumo: Este projeto de pesquisa teve como objetivo investigar e analisar os fatores relacionados na disciplina de Organização, Sistemas e Métodos que influenciam na eficiência, eficácia e efetividades das organizações. O estudo procurou entender e analisar a as empresas sob o ponto de vista dos funcionários dos níveis estratégico, gerencial e operacional, relacionando os mesmos nos temas de Organização e Métodos de trabalho. O método de pesquisa utilizada na pesquisa foi descritiva, por meio do método “Estudo de Caso”. As técnicas utilizadas pelo aluno para obtenção de dados utilizados foram à entrevista padronizada, além do método de observação. O estudo dos componentes e condicionantes da estrutura organizacional e dos métodos administrativos tomou como foco de estudo com 15 empresas de Cuiabá, com as entrevistas realizadas com 110 colaboradores. Percebeu-se que as organizações apesar de burocráticas, possuem efetividade nos resultados. A proposta final deste diagnóstico organizacional foi a de propor uma melhoria na Gestão de processos nas empresas ora analisadas, contando para isto, com “ferramentas” teóricas formuladas na temática em questão.

Palavras-chave: Organização; Intervenção Administrativa.

Título: DIAGNÓSTICO E MONITORAMENTO DA QUALIDADE DE ÁGUA DA FAZENDA EXPERIMENTAL DA UFMT

Orientador: VANIA MARIA ARANTES

Autor(es):


MARINHO ROCHO DA SILVA


Resumo: Marinho Rocho da Silva - Bolsista PIBIC/CNPq, Graduação em Zootecnia – FAMEVZ/UFMT, Cuiabá. E-mail: marinhorsilva@hotmail.com.

Karinne Cristine Rodrigues Sales, Luana Gonçalves Guindani – (Colaboradores) Graduação em Zootecnia – FAMEVZ/UFMT, Cuiabá.

Thayssa Cristina Hortences de Moraes – (Bolsista Permanência PROCEV/CARE) - Graduação em Agronomia – Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia (FAMEVZ), Cuiabá, MT.

Janessa Sampaio de Abreu Ribeiro – Profª. Dra. do Departamento de Zootecnia e Extensão Rural (UFMT/Cuiabá-MT).

Vania Maria Arantes (Orientador) - Departamento de Zootecnia e Extensão Rural - Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia (FAMEVZ).


O desenvolvimento econômico e social de qualquer país está fundamentado na disponibilidade de água de boa qualidade e na sua capacidade de conservação e proteção dos mananciais. Ela pode ser oferecida à população urbana ou rural com ou sem tratamento prévio, dependendo da origem do manancial. A água ajuda no processo digestivo, no transporte de nutrientes, regula a temperatura corporal e na eliminação de resíduos. Sabe-se que as exigências qualitativas da água para fornecimento ao homem devem ser estendidas aos animais. Assim, na produção animal e vegetal, para que essa seja realizada de maneira satisfatória, diversos fatores devem ser observados para garantir o abastecimento quantitativo e qualitativo nas áreas urbana e rural. Alterações das propriedades físicas, químicas e biológicas da água afetam direta ou indiretamente, a saúde, a segurança e o bem-estar da população; as atividades sociais e econômicas da fazenda experimental; a biota local; as condições sanitárias do meio ambiente e a qualidade dos recursos ambientais usados na agricultura. O presente trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a qualidade da água utilizada na fazenda experimental da FAMEVZ/UFMT, localizado no Município de Santo Antonio do Leverger. Foram analisadas mensalmente e obtidas as médias conforme origem das três fontes de abastecimentos, duas subterrâneas (poços artesianos) e uma superficial (represa), em 22 pontos distribuídos em todos os setores da fazenda, no período de Outubro de 2011 à Março de 2012, por intermédio de um delineamento inteiramente casualizado, para avaliar os parâmetros químicos da água: pH, O2 dissolvido, amônia total, nitrito e alcalinidade. O pH do poço artesiano da suinocultura foi maior (P<0,01) que os demais, no entanto, o pH de todas as fontes permaneceu dentro do nível aceitável. Para O2 dissolvido, não houve diferença estatística (P>0,05), sendo a média de todas as amostras 4,92 mg/L O2. A alcalinidade da represa principal foi inferior (P<0,01) à apresentada pelos poços artesianos, os quais indicam característica de água alcalina, com excesso de sais. Para os níveis de amônia total e nitrito analisado, não houve diferença (P<0,01) entre os meses avaliados. A média geral obtida para amônia total foi de 0,15 mg/L e 0,048 mg/L de nitrito. Em todas as fontes de abastecimentos da fazenda experimental, os valores estão inferiores ao recomendado pela portaria vigente do Ministério da Saúde, portanto não oferecendo risco a saúde humana, e mostrando satisfatória a produção animal e vegetal.

Palavras-chave: Palavras-chave: poço artesiano, represa, amônia, pH, nitrito, O2, alcalinidade

Título: DIETA ALIMENTAR DE ASTYANAX SP. (CHARACIDAE) EM CÓRREGOS URBANOS DE RONDONÓPOLIS, MATO GROSSO

Orientador: SIMONI MARIA LOVERDI OLIVEIRA

Autor(es):

1   ...   88   89   90   91   92   93   94   95   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə