Universidade federal de mato grosso caderno de resumos



Yüklə 2.68 Mb.
səhifə97/201
tarix21.08.2017
ölçüsü2.68 Mb.
1   ...   93   94   95   96   97   98   99   100   ...   201

GABRIELA CRISTINA RABELLO CASAGRANDE


Resumo: Por se tratar de um dos maiores grupos taxonômicos dentre os invertebrados, os Coleoptera tem uma grande importância ecológica devido aos serviços ambientais que executam como a ciclagem de nutrientes, distribuição de sementes e controle de população de outros organismos. Devido à necessidade de se aprimorar os conhecimentos sobre a biodiversidade amazônica, esta pesquisa objetivou analisar a diversidade e ocorrência de distribuição da comunidade de Coleoptera, além de identificar grupos dominantes considerados chave nos processos ecológicos. Para as amostragens da comunidade foi utilizada armadilha de queda tipo “pitfall traps”, no período de chuvas (fevereiro de 2011). Esta metodologia é recomendada para amostragens que objetivam capturar organismos que vivem no solo ou na serapilheira, permitindo a avaliação da densidade, abundância e fenologia de organismos edáficos. A metodologia consiste em duas etapas, uma em campo para a coleta do material realizadas em um módulo de 5x5km com 12 parcelas amostrais (PPBio – Amazônia Meridional), em cada parcela foram instaladas cinco armadilhas, totalizando 60 amostras. Outra em laboratório para a triagem e identificação dos insetos. Os dados da comunidade foram correlacionados às variáveis ambientais através do Programa R 2.14.2. Amostrou-se um total de 1.874 indivíduos, distribuídos em 20 famílias e 69 morfoespécies. Dentre os táxons encontrados, Nitidulidae (963 ind.; 51,4%), Curculionidae (Scolytinae) (622 ind.; 33,2%), Cucujidae (88 ind.; 4,7%), Scarabaeidae (63 ind.; 3,4%) e Staphylinidae (48 ind.; 2,6%) tiveram maior abundância. Com relação à riqueza, Nitidulidae (11 sp; 15,9%), seguido por Curculionidae (10 sp; 14,5%), Staphylinidae ( 10 sp; 14,5%) e Carabidae (8 sp; 11,6%) apresentaram maiores ocorrências. As famílias Nitidulidae e Curculionidae (Scolytinae) juntas representam 84,6% de todos os indivíduos coletados. Nitidulidae além de apresentar maior abundância apresentou também maior riqueza. Foram identificados em nível de espécie 685 indivíduos (36,5%), a família Scarabaeidae teve ocorrência de apenas uma espécie Dichotomius aff. Lucasi. Para Scolytinae, três espécies foram determinadasa Coccotrypes robustus Eichhoff, 1878 (501 ind.; 80,5%), Xyleborus affinis Eichhoff, 1868 (120 ind.; 19,3%) e Coccotrypes sp. (1ind.; 0,2%). A correlação dos dados de abundância da comunidade de Coleoptera evidenciou ser influenciada pela altitude na área amostral (Pillai Trace=0,5; F2,7=3,5; P=0,08). Outros parâmetros como granulometria (Pillai Trace=0,17; F2,7=0,72; P=0,52) e ph do solo (Pillai Trace=0,4; F2,7=2,37; P=0,16) não apresentaram correlação à comunidade.

Palavras-chave: Coleoptera; distribuição; variáveis ambientais.

Título: DIVERSIFICAÇÃO DO GENE PARA RRNA 5S EM ESPÉCIES DE PEIXES DA FAMÍLIA CURIMATIDAE QUE OCORREM NA BACIA DO RIO ARAGUAIA

Orientador: PAULO CÉSAR VENERE

Autor(es):

JANINE BARBOSA DE SOUZA


Resumo: A família Curimatidae (Characiformes) é constituída por 8 gêneros e mais de 100 espécies descritas e distribuídas por toda a região Neotropical. Além de possuírem função ecológica como espécies detritívoras, algumas são exploradas na pesca artesanal e/ou de subsistência, com pouca representatividade na pesca comercial. Essa família pode ser considerada relativamente constante no padrão morfológico geral o que é também refletido na macroestrutura dos cariótipos já descritos para o grupo. Apesar disso, diferenças sutis entre elas, como aquelas identificadas pela análise das AgRONs ou de bandas C podem ser observadas. Nesse sentido, o uso de marcadores moleculares como, por exemplo, os rDNAs, têm se mostrado promissores para um melhor entendimento dos mecanismos relacionados à diversificação na microestrutura cromossômica desse grupo de peixes. Objetivou-se, então, no presente trabalho, realizar o isolamento e caracterização molecular das seqüências gênicas do DNAr 5S em 9 espécies da família Curimatidae que ocorrem na bacia do rio Araguaia, a saber: Curimata cyprinoides, Curimata inornata, Curimatella immaculata, Cyphocharax gouldingi, Cyphocharax notatus, Cyphocharax cf. plumbeus; Psectrogaster amazonica, Steindachnerina amazonica e Steindachnerina gracilis. O DNA nuclear foi extraído de tecido muscular utilizando-se do protocolo de fenol-clorofórmio seguido de precipitação em etanol. A amplificação do rDNA 5S foi realizada pela técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR) e a visualização dos produtos foi feita em gel de agarose 1,5% corados com fluoróforos DNA específicos, seguido por foto documentação. Os produtos de PCR obtidos que se referem ao espaçador não transcrito (NTS) do rDNA 5S revelaram três padrões de bandeamento distintos dentro dos cinco gêneros estudados; um deles abrigando Curimatella, Cyphocharax e Steindachnerina, um segundo onde se inserem as espécies de Curimata e um terceiro constituído pelo gênero Psectrogaster, o que corrobora com a proposta de relações intergenéricas proposta para a família. Para uma segurança maior na validação dessas seqüência e construção de uma filogenia com base no marcador utilizado os produtos de PCR obtidos serão submetidos a seqüenciamento. Os resultados obtidos até o momento são bastante promissores e novas reações continuam a ser realizadas com o objetivo de se ter um quadro completo para as nove espécies em estudo.

Palavras-chave: Curimatidae, rDNAs

Título: DOENÇAS RESPIRATÓRIAS EM MENORES DE CINCO ANOS, RESIDENTES EM MUNICÍPIOS DA ÁREA DE INFLUÊNCIA DA BR 163. MATO GROSSO.

Orientador: LUCIANA MARTINS FRASSETTO DE FREITAS

Autor(es):


LUCIANA MARTINS FRASSETTO DE FREITAS


Resumo: A elevada prevalência de morbidade e mortalidade por doenças relacionadas ao aparelho respiratório em menores de cinco anos constitui um importante problema de saúde pública. Descrever a frequência dos problemas respiratórios em crianças menores de cinco anos de idade residentes em Alta Floresta, Diamantino, Sinop e Sorriso, municípios da Amazônia Legal, Mato Grosso, Brasil. Estudo de corte transversal e de base populacional foi realizado com as famílias residentes na área urbana, em 2007. As informações foram obtidas por meio de questionário com perguntas relativas às variáveis demográficas, socioeconômicas, ao nascimento, cuidados de saúde, estado de saúde e problemas respiratórios que foi respondido pela mãe ou responsável pela criança. Os dados foram digitados em um banco elaborado no programa Epi-Info versão 2000 e na análise dos dados foi utilizado o módulo survey do programa estatístico Stata 10, que considera os efeitos do peso e da amostragem. Foram estudadas 251 crianças. Em 20,7% eram residentes em Alta Floresta, 23,5% em Diamantino, 26,7% em Sinop e 29,1% em Sorriso. Quanto ao sexo verificou-se que 51,8% eram meninas a idade variou entre 0 a 4 anos com média de 1,96 anos. Quase 23% das crianças nasceram com peso insuficiente (2500 a 2999g), 12,4% não foram amamentadas com leite materno, em 46,6% dos chefes das famílias não haviam completado o 1° grau e 30,7% das famílias possuíam renda per capita de 0,5 a 0,999 salário mínimo. Os sintomas ocorridos nos últimos 15 dias que antecederam o inquérito foram os seguintes: tosse (53,3%), chiado (27,5%) e dificuldade em respirar (25,1%) e 25,5% referiram ter apresentado algum problema de saúde nos últimos 15 dias. A internação nos últimos 6 meses foi mais freqüente no sexo masculino (p=0,040), a presença de chiado e as crianças que apresentaram algum problema de saúde nos últimos 15 dias foram mais referidas nas crianças cujas famílias tinham renda per capita de 0,5 a 0,999 salário (p=0,037, p=0,005, respectivamente). Ações de desenvolvimento social e de educação junto à população e de acompanhamento destas crianças na atenção primária são fundamentais para um crescimento físico e mental mais saudável.

Palavras-chave: Doenças respiratórias, saúde da criança, inquéritos epidemiológicos.

Título: EDUCAÇÃO DE JOVENS E PESQUISA:SITES DESTINADOS A PUBLICAÇÃO DE ESTUDOS DE GRADUAÇÃO

Orientador: MARIA APARECIDA MORGADO

Autor(es):

MARIA APARECIDA MORGADO




1   ...   93   94   95   96   97   98   99   100   ...   201


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2016
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə