Diuréticos



Yüklə 385,5 Kb.
tarix26.05.2017
ölçüsü385,5 Kb.


DIURÉTICOS


DIURÉTICOS

  • Os diuréticos são medicamentos que acarretam uma perda global de sódio e água por parte do corpo através de uma ação sobre o rim.

  • São classificados em:

      • Diuréticos Tiazídicos
      • Diuréticos de Alça
      • Poupadores de Potássio
      • Diuréticos Osmóticos
      • Inibidores da Anidrase Carbônica


Tiazídicos

  • Hidroclorotiazida (Clorana)

  • Clortalidona (Higroton)

  • Indapamida (Natrilix)



Modo de ação

  • Efeito diurético:

    • Tem moderada ação diurética;
    • Atua inibindo a reabsorção de Na por bloqueio de co- transporte de Na e Cl nas porções proximais do túbulo contorcido distal;
  • Efeito anti-hipertensivo:

    • Inicialmente há perda de Na+ e H2O Hipovolemia relativa do DC
    • [ ] Na+ nas céls. Musc. lisas vasc. [ ] Ca intracel. Livre
    • da reatividade das céls. musc. vasc. à noradrenalina
    • De modo geral a RVP, levando à da PA.


Uso Clínico

  • Antihipertensivo de escolha em praticamente todos os hipertensos (srd x pedigree; jovem x idoso; obeso x magro);

  • Monoterapia em hipertensão estágio I (PA levemente alta);

  • Terapia combinada em hipertensão estágio II (PA alta);

  • Edemas produzidos pela ICC,hepatopatias,sínd. Nefrótica, fármacos;

  • Doses entre12,5 e 25 mg/d os níveis pressóricos e ainda tem efeito benéfico nos eventos cerebrovasculares e coronarianos;

  • Devido ao aumento da reabsorção de Ca no TCD, os tiazídicos têm efeito hipocalciúricologo, são indicados na nefrolitíase por hipercalciúria



Tiazídicos

  • Vantagens:

    • São baratos;
    • Fácil aderência-1 comp. ao dia;
    • Têm efeitos sinérgico ou aditivo a todos os outros anti-hipertensivos;
    • Diminui a incidência de AVC.


Efeitos colaterais

  • Os principais efeitos são dose-dependente;

  • Doses > ou = 50mg/d têm risco de morte súbita;

  • Hipovolemia;

  • Hiponatremia;

  • Hipocalemia;

  • Hipomagnessemia;

  • Hiperglicemia;

  • Hiperlipidemia;

  • Impotência sexual (humanos);

  • Na insuf. Hepática pode haver precipitação da encefalopatia .



Contra-indicações

  • Hiperparatireoidismo secundário;

  • Relativa:

    • Diabético;
    • Gravidez;
    • Amamentação.


Toxicidade

  • Rara, apenas em doses muito elevadas;

  • Hipersensibilidade;

  • Púrpura, dermatite fotossensível, pancreatite, vasculite, diminuição dos elementos figurados.



Diuréticos de Alça

  • Os diuréticos de alça são os mais poderosos de todos os diuréticos, capazes de acarretar a excreção de 15 a 25% do sódio existente no filtrado.

  • Mecanismo de Ação

    • Bloqueiam o sintransporte de Na+ K+ 2Cl- no ramo ascendente espesso da alça de Henle;
    • Aumento do fluxo sanguíneo renal.


Diuréticos de Alça: Mecanismo de Ação



Diuréticos de Alça



Diuréticos de Alça: Indicações

  • Edema Agudo de Pulmão;

  • Hipertensão;

  • ICC crônica;

  • Edema da Síndrome Nefrótica;

  • Ascite e cirrose hepática;

  • Converter IRA oligúrica em IRA não oligúrica.



Diuréticos de Alça: Efeitos colaterais

  • Alcalose metabólica;

  • Ototoxicidade;

  • Hiperuricemia;

  • Hipomagnesemia;

  • Reações alérgicas:erupções cutâneas, eosinofilia,nefrite intersticial(Furosemida);

  • Elevação do colesterol;

  • Hiperglicemia.



Diuréticos de Alça: Contra indicações

  • Depleção grave de Na+ e volume.

  • Hipersensibilidade às sulfonamidas (Torsemida).

  • Anúria que não responde a uma dose teste.



Diuréticos de Alça: Interações Medicamentosas

  • Aminoglicosídeos (ototoxicidade);

  • Anticoagulantes (aumento da atividade);

  • Digitálicos (arritmias);

  • Lítio (aumenta concentração);

  • Propanolol (aumenta concentração);

  • Probenecida (diminui resposta diurética);

  • Diuréticos tiazídicos(sinergismo de ativ. levando à diurese profunda).



Diuréticos poupadores de K+





Espironolactona: Mecanismo de Ação

  • Local:

  • Células epiteliais na porção final do túbulo distal e no ducto coletor.

  • Modo:

  • Inibem competitivamente a ligação da Aldosterona com seu receptor citoplasmático nas células citadas, que é incapaz de produzir AIP5.

  • Função do Complexo Receptor-Aldosterona:

  • O complexo liga-se a seqüências DNA, regulando a expressão das AIP5 (Proteínas induzidas pela Aldosterona).





Espironolactona: Cinética

  • Metabolismo hepático;

  • Biodisponibilidade de 90%;

  • Mais de 90% se liga ao plasma;

  • Eliminação principalmente renal;

  • Efeito máximo no 3º dia;

  • Diurese continua por 2 ou 3 dias;



Espironolactona: Efeitos

  • Excreção urinária:

  • Ligeiro aumento na excreção de Na+;

  • Redução K+, H+, Ca++, Mg++;

  • Sua potência está relacionada aos níveis de Aldosterona.

  • Hemodinâmica Renal:

  • Altera pouco (TFG).



Espironolactona: Efeitos

  • Tóxico:

  • Hiperpotassemia fatal;

  • Acidose metabólica em pacientes cirróticos.

  • Interações Farmacológicas:

  • Salicilatos eficácia;

  • Altera depuração dos digitálicos.



Espironolactona: Efeitos

  • Adversos:

  • Ginecomastia (Semelhança com esteróides);

  • Impotência;

  • Libido;

  • - Engrossamento da voz;

  • Gástricos:

  • Diarréia;

  • Gastrite;

  • Sangramento Gástrico;

  • Úlceras pépticas.



Espironolactona: Efeitos

  • SNC:

  • Sonolência;

  • Letargia;

  • Ataxia;

  • Confusão;

  • Cefaléia;

  • Erupções Cutâneas;

  • Raramente discrasias Sangüíneas;

  • Casos de tumor de mama em uso crônico (humanos e primatas);

  • Altas doses = tumores malignos em ratos.



Espironolactona: Usos

  • Hipertensão essencial;

  • Edema e ascite da insuficiência cardíaca congestiva; cirrose hepática; síndrome nefrótica; edema idiopático;

  • Como terapia auxiliar na hipertensão maligna;

  • Na hipopotassemia quando outras medidas forem consideradas impróprias ou inadequadas;

  • Profilaxia da hipopotassemia e hipomagnesemia;

  • Diagnóstico e tratamento do aldosteronismo primário.



Espironolactona: Contra-indicações

  • principais:

  • Insuficiência renal aguda;

  • Diminuição significativa da função renal;

  • Anúria;

  • Hiperpotassemia;

  • Doença de Addison;

  • Hipersensibilidade a espironolactona;

  • Gravidez e Lactação.



Triantereno e Amilorida: Mecanismo de Ação

  • Inibidores dos canais de Na nos segmentos finais do néfron (túbulo distal e ducto coletor);

  • Não antagonizam Aldosterona;

  • Pequenos aumentos na excreção de Na e Cl;

  • Inibem a entrada eletrogênica de Na na cél. Principal: potencial elétrico tubular

  • excreção de K.



Triantereno e Amilorida: Absorção, Distribuição, Excreção

  • 50% absorvidos VO;

  • Ligam-se a ptns. do plasma;

  • Amilorida não é metabolizada (fármaco inalterado);

  • Triantereno é metabolizado;

  • Excreção renal.



Triantereno e Amilorida: Usos

  • Edema (raro);

  • Associações (Função poupadora de K):

    • Amilorida + Hidroclorotiazida (Moduretic) ______ 5/50 mg
    • Triantereno + Furosemida (Diurana) __________ 50/40 mg
    • Triantereno + Hidroclorotiazida (Iguassina) _____ 50/50 mg


Triantereno e Amilorida: Toxicidade

  • Hipercalemia;

  • Efeitos gastrointestinais.



Triantereno e Amilorida: Contra-Indicações

  • Pacientes com hiperpotassemia ou com risco aumentado (IR, IECA,Suplementos de K, AINE’s);

  • Cirrose (propensos à megaloblastose / Triantereno).



Inibidores da Anidrase Carbônica

  • Anidrase Carbônica está presente nas células do TCP;

  • No espaço intracelular, a anidrase carbônica catalisa a reação: CO2+H20 H2CO3

  • O H2CO3 se dissocia : H + CO3

  • H é secretado para a luz tubular em troca do Na;

  • Na luz tubular:

  • H+HCO3 H2CO3 H2O+CO2



Inibidores da Anidrase Carbônica (cont)

  • O CO2 se difunde para dentro da célula;

  • Inibidor da anidrase carbônica impede as reações citadas anteriormente;

  • Conseqüentemente , não ocorrerá troca do íon Na pelo íon H, havendo assim retenção de Na e H20 no túbulo proximal promovendo aumento da diurese;

  • São bem absorvidos após administração oral;

  • Atinge máx. em 2h e persiste 12h após dose única H.



Inibidores da Anidrase Carbônica



Inibidores da Anidrase Carbônica: Indicações clínicas

  • Glaucoma: diminui a pressão intra-ocular;

  • ICC: diminui edema;

  • Alcalose metabólica;

  • Epilepsia.



Inibidores da Anidrase Carbônica: Toxicidade

  • Acidose metabólica hiperclorêmica;

  • Formação de cálculos (precipitação de Ca+ na urina alcalina);

  • Perda renal de K+;

  • Depressão da medula óssea;

  • Erupções cutâneas;

  • Nefrite intersticial;

  • Sonolência;

  • Parestesias.



Diuréticos Osmóticos

  • São compostos osmóticos que limitam a absorção de água, principalmente nos seguimentos do néfron que são livremente permeáveis à água;

  • Fármaco Principal: manitol;

  • MANITOL:

  • È a forma reduzida do açúcar manose.



Diuréticos Osmóticos (cont)

  • Peso molecular de 182 e meia vida de 0,25 a 1,7h;

  • Não é reabsorvido pelos túbulos renais (é eliminado inalterado pelos rins);

  • Após administração venosa permanece no LEC;

  • A Alça Henle é o seu local de ação mais importante, porém também age no TCP.



  • Após a infusão venosa de manitol tem-se:

      • Expansão do volume do LEC as custas de retirada de água do espaço intracelular;
      • Ocorre aumento do fluxo sanguíneo plasmático renal seguido de aumento do fluxo sanguínea medular e papilar;
      • Ocorre vasodilatação da arteríola aferente e aumento da pressão hidrostática intra-capilar;
      • Aumenta o filtrado glomerular havendo remoção de NaCl, Uréia e outros eletrólitos (k, Mg, fosfato e HCO3);
      • Conseqüentemente ocorre redução da tonicidade medular;
      • Sua presença inerte no túbulo juntamente com água interfere na reabsorção de NaCl.


Diuréticos Osmóticos: Indicações

  • Redução da pressão e volume cefalorraquidiano;

  • Redução da pressão intra-ocular;

  • Redução do edema cerebral.



Diuréticos Osmóticos: Toxicidade

  • Expansão do volume extracelular;

  • ICC;

  • Hipersensibilidade;

  • Cefaléia;

  • Náuseas;

  • Vômitos.



Diuréticos Osmóticos: Contra-Indicações

  • Edema pulmonar e ICC acentuados;

  • IRA em anúria;

  • Desidratação grave;

  • Hemorragia intracraniana.




Yüklə 385,5 Kb.

Dostları ilə paylaş:




Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2020
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə