Tipos de Pimentas Lista compilada por Magna Couto



Yüklə 1,18 Mb.
səhifə1/4
tarix26.07.2017
ölçüsü1,18 Mb.
  1   2   3   4
Tipos de Pimentas

( Lista compilada por Magna Couto - http://pimentacpo.blogspot.com/)


Esses foram os tipos de pimentas que encontrei em minhas pesquisas, 93 tipos para um começo está muito bom. Vejam:

(1.) Pimenta Americana ou Doce, (2.) Pimenta Aji Amarela, (3.) Pimenta Aji Limo Red, (4.) Pimenta Apache, (5.) Pimenta Arriba Saia ou Umbigo de Tainha, (6.) Pimenta Aroeira Mansa ou Rosa, (7.) Pimenta Baccatum Unknown 01, (8.) Pimenta Beni Highlands, (9.) Pimenta Bico ou Biquinho, (10.) Pimenta Bode Laranja, (11.) Pimenta Bode Roxa, (12.) Pimenta Bode Vermelha, (13.) Pimenta Bolivian Rainbow, (14.) Pimenta Cabaça, Cabacinha ou Fidalga, (15.) Pimenta Cabe Merah Besar, (16.) Pimenta Caynne, (17.) Pimenta Cambuci ou Chapéu-de-Frade, (18.) Pimenta Capela, (19.) Pimenta Carrot Bulgarian Pepper, (20.) Pimenta Cherry Bomb “Cereja,” (21.) Cheyenne, (22.) Pimenta Chi-Chien, (23.) Pimenta Chicken Heart Yellow (24.) Pimenta Chile Puya, (25.) Pimenta Chile Serrano, (26.) Pimenta Chora Menino, (27.) Pimenta Criolla Sella Orage, (28.) Pimenta Cumari do Pará, (29.) Pimenta Cumari Verdadeira, (30.) Pimenta Czech Black, (31.) Pimenta da Costa, Pimenta da Guiné ou Pimenta de Negro, (32.) Pimenta da Jamaica, (33.) Pimenta Datil Red, (34.) Pimenta de Cheiro, (35.) Pimenta de Cheiro Doce, (36.) Pimenta de Cheiro do Pará, (37.) Pimenta de Galinha, (38.) Pimenta de Macaco, (39.) Pimenta de Mesa, (40.) Pimenta de Rabo (Piper Cubeba), (41.) Pimenta Dedo de Moça, (42.) Pimenta Doux des Landes, (43.) Pimenta do Reino ou Pimenta Preta, (44.) Pimenta do Reino Branca, (45.) Pimenta do Reino Verde, (46.) Pimenta Espora de Galo, (47.) Pimenta Ferrão, (48.) Pimenta Frivarello, (49.) Pimenta Habanero ChocolateCaribbean, (50.) Pimenta Habanero Guinea, (51.) Pimenta Habanero Manzano, (52.) Pimenta Habanero Mustard, (53.) Pimenta Habanero Yellow, (54.) Pimenta Orange Habanero, (55.) Pimenta Habanero Black, (56.) Pimenta Hungarian Yellow Cayenne, (57.) Pimenta Jalapeno, (58.) Pimenta Jariza, (59.) Pimenta Pimenta Lemon Drop, (60.) Pimenta Luna de Cheiro, (61.) Pimenta Malagueta, (62.) Pimenta Mata Frade, (63.) Pimenta Mini Yellow Bell, (64.) Pimenta Mirasol, (65.) Pimenta Morango, (66.) Pimenta Morango de Pobre, (67.) Pimenta Mulata, (68.) Pimenta Murupi ou Murici, (69.) Pimenta Mushroom, (70.) Pimenta Naga Morich, (71.) Pimenta Numex Big Jim, (72.) Pimenta Olho de Peixe, (73.) Pimenta Peter Pepper ou Pênis Pepper, (74.) Pimenta Peperoncino, (75.) Pimenta Pião, Piãozinho, (76.) Pimenta Pingo de Ouro, (77.) Pimenta Pitanga Amarela, (78.) Pimenta Purple Naga Jalokia, (79.) Pimenta Putapario, (80.) Pimenta Rocoto, (81.) Pimenta Scotch Bonnet, (82.) Sevem Pod (7 Pot), (83.) Pimenta Síria, (84.) Pimenta Tabasco, (85.) Pimenta Takanotsume, (86.) Pimenta Tepin, (87.) Pimenta Thai Dragon, (88.) Pimenta Thai Nippon Taka, (89.) Pimenta Thai Sun, (90.) Pimenta Topepo Rosso, (91.) Pimenta Trinidad Scorpion, (92.) Pimenta Vulcão, (93.) Pimenta Zaimbabwe Large Red.

(1.) PIMENTA AMERICANA OU DOCE

Apresenta frutos alongados de cor verde intenso e brilhante. É uma pimenta de baixo aroma e pungência doce, utilizada no preparo de vários pratos da comida brasileira, muitas vezes substituindo o pimentão.


Pimentas doces: Cambuci, Aroeira Vermelha, Biquinho, Godê de Anápolis/GO, pimentões. Usadas geralmente como legumes, temperando ou acompanhando partos diversos.

(2.) PIMENTA AJI AMARELA



Capsicum Baccatum. Ardência: de 30.000 a 50.000 Scoville


Embora o termo AJI seja amplamente utilizado na América Latina (com exceção do Brasil), para designar diferentes tipos de pimentas, o correto seria emprega-lo apenas para se referir às plantas da família Capsicum Baccatum. Seus frutos, em geral, são amarelos (daí sua denominação), mas também podem ter cor vermela-alaranjada. De formato fino, medem entre 7 e 12 com de comprimento e têm 1,5 cm de diâmetro. Seu sabor lembra o de uma fruta tropical, com um leve toque de amoras. Fresca ou seca, pode ser utilizada em molhos, ensopados e picles.

(3.) PIMENTA AJI LIMO RED


(Capsicum chinense). Origem: Peru


Planta com 120 cm de altura por 45 cm de largura. Gosta de solo profundo, solto e bem drenado, rico em matéria orgânica, com pH entre 6,6 e 7,6. Flores com corola branco-esverdeadas e anteras lilás, em numero de 2 a 4 por nó. Fruto de pungência muito alta, tipo baga triangular, com 4,5 cm de comprimento por 3,5 cm de diâmetro, de coloração verde e roxa (imatura) a vermelha (maduro). Produz aos 95 a 100 dias. É usado seco em conservas tipo picles, e em molhos. Também é usado fresco para temperar peixes. É ingrediente indispensável no preparo de do famoso ceviche peruano.

(4.) PIMENTA APACHE



Capsicum annuum. Origem: USA


É uma variedade ideal para cultivadores domésticos por possuir planta de pequeno porte, com 45 cm de altura por 30 a 35 cm de largura, ótima para vasos ou jardineiras. Além de ser uma planta muito bela, possui frutos de excelente sabor, fornecendo pimentas frecas sempre à mão, se plantada próxima à cozinha ou churrasqueira.
Suas flores, de pedicelo ereto na antese, solitárias em cada nó, têm corola branco-leitosa sem manchas na base dos lóbulos, com anteras de coloração cinza clara.
Frutos em posição ereta (a variedade Apache F1 possui frutos pendentes), muitas vezes inclinado com o formato cônico alongado, medindo 4,5 x 1,8 cm, com pungência em torno de 100.000 SHU. Suas sementes, em numero de 70 a 80 por fruto, são de coloração creme e germinam entre 8 a 10 dias. A colheita se inicia aos 150 dias após a semeadura, e continua durante o resto do ano.

(5.) PIMENTA ARRIBA SAIA OU UMBIGO DE TAINHA


Veja como são lindas:


Capsicum Chinense. Origem Brasil. Pugencia: +/- 250.000 SHU.


Essa pimenta, natural dos Estados Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco, recebe também outros nomes, dependendo da região. Em alguns Estados, como Alagoas, ela é também conhecida como Umbigo de Tainha. Alguns peixes da espécie da Tainha possuem um pré-estômago, como se fosse um tipo de moela, que é chamado pelos pescadores de “umbigo”. Segundo a literatura científica, esse umbigo corresponde ao estômago pilórico triturador (Poznanin 1968). O formato anatômico desse órgão é semelhante ao dessa pimenta pimenta o que originou o nome da variedade. Em outras regiões também é conhecida por “Arriba Saia”, em referência ao fato de, por ela ser muito ardida, as moças abanavam a boca com a saia para aliviar o ardor que sentiam ao prova-las.
A planta é vigorosa, crescendo em torno de 1,50m de altura, com hastes verdes que apresentam antocianina nodal. Gosta de clima quente e úmido, com solo fértil, profundo e bem drenado.
As flores surgem em numero de 2 a 3 por nodo, com pedicelo inclinado na antese, anteras azul-violeta e corola branco esverdeada.
Os frutos assumem posição pendente e apresentam constrição anular na junção cálice/pedicelo. Muito pungentes, possuem formato campanulado irregular, nas cores verde (imaturo) e amarelo alaranjado (maduro), com uma média de 50 sementes de cor creme que germinam entre 10 e 14 dias. A colheita se inicia 150 dias após a semeadura.
No litoral do Nordeste é muito usada na culinária para o preparo de molhos feitos na hora, esmagada fresca com caldo de peixe, cebola, alho e coentro picadinhos, no acompanhamento de frutos do mar.
(6.) PIMENTA BACCATUM UNKNOWN 01


Espécie: Capsicum baccatum var. pendulum. Origem: Brasil.


Planta com altura entre 80 a 100 cm. Flores: 1 a duas por nó, com anteras amarelas e corola branca com manchas verde amareladas na base dos lóbulos. Entra em produção entre os 100 e 120 dias. Produz frutos tipo bloco, com pericarpo espesso e casca fina, com 3,5 cm de comprimento por 5 cm de largura, de pungência baixa e sabor frutado e adocicado, possuindo uma media de 60 sementes de cor creme. Produz de 40 a 50 frutos por safra. Excelente para pratos que pedem frutos grandes, carnudos e pouco ardidos, como pimentas recheadas e saladas.
(7.) PIMENTA BENI HIGHLANDS


Espécie: Capsicum chinense. Origem: Bolívia. Pungência: 42.240 SHU.


Variedade natural do estado boliviano de Beni, localizado a nordeste daquele país, onde faz fronteira com o estado brasileiro de Rondônia. Muito resistente e produtiva, cresce 90 cm de altura por 60 cm de largura. Prefere o clima quente e úmido, típico das florestas tropicais, com solo profundo e rico em matéria orgânica.
As flores, de pedicelo inclinado na antese, surgem em numero de 3 a 5 por nó, com corola branco-esverdeada, sem manchas na base dos lobos das pétalas, e anteras de coloração azul.
Frutos, pendentes, em formato de ponta de flecha, terminando em um ápice afilado, com dimensões de 5 x 2,3 cm. Surgem em grandes quantidades, deixando a planta muito bonita. Com a superfície um tanto irregular, apresentam coloração verde escura (imaturo), que passa gradualmente ao amarelo intenso brilhante (maduro). São muito aromáticos, com o sabor típico das Habaneros misturado a um toque cítrico. Cada fruto contém uma média de 30 sementes de cor creme, que germinam em um período de 10 a 18 dias. A colheita, muito abundante, se inicia 160 dias após a semeadura, para frutos maduros.
Em sua região, é usada fresca no preparo de um molho à base de tomates, que é usado para temperar vários tipos de pratos. Fica ótima em conservas tipo picles e, por possuir as paredes relativamente delgadas, pode facilmente ser desidratada.

(9.) PIMENTA BICO OU BIQUINHO




Espécie: Capsicum chinense.


Origem: Brasil.
(Ardência : 1.000 Scoville)
Muito encontrada em Minas Gerais. Existem dois tipos: a picante e a doce, que não tem picância nenhuma, que serve como um bom petisco, vai bem em saladas e como acompanhamento de pratos.
A planta atinge uma altura entre 80 a 120 cm, com 3 a 5 flores por nó, de corolas esverdeadas e anteras azuladas. Seus frutos de sabor suave, um tanto ácidos, lembram o gosto da acerola, sendo considerada uma pimenta doce, pois é desprovida de ardência. Muito utilizada na decoração de pratos e como tira-gosto. Sua cor vai do verde (imaturo) ao vermelho (maduro). São arredondados e com uma ponta em formato de bico, vindo daí o seu nome. Medem em media 1,5 cm de largura por 2,5 cm de comprimento. São pendentes e apresentam constrição anular na junção entre o cálice e o pedicelo. Possuem em media 42 sementes de cor palha por fruto.
É de uma variedade que está se difundindo com grande rapidez no Estado de Minas Gerais, onde sempre foi usada como planta ornamental e agora vem sendo empregada no preparo de molhos, peixes e carnes. Também é muito apreciada em conservas feitas em garrafas de aguardente.

(10.) PIMENTA BODE LARANJA


Espécie: Capsicum chinense.


Origem: Brasil.
Nome científico: Capsicum chinense. Pungência: Picante médio a alto. SHU= 15.000 a 30.000. Aroma: Forte. Frutos arredondados e achatados - parecem uma pitanga - vermelhos, laranjas, amarelos ou roxa.
Planta cresce em media 120 cm de altura. Flor de corola branca esverdeada, com anteras lilás, em número de 2 a 4 por nó. Frutos pendentes, de coloração verde (imaturo) a laranja (maduro), de pungência baixa, esféricos achatados, com 20 x 12 mm, com 20 sementes de cor palha, apresentando constrição anular na junção do cálice com o pedicelo. Entra a produção aos 110 dias.1Usos: Temperos para carne, arroz, feijão, pamonha salgada e biscoitos de polvilho. Os frutos maduros são usados em conservas e molhos.
(11.) PIMENTA BODE ROXA


Espécie: Capsicum chinense.


Origem: Brasil.
Planta arbustiva, perene, com 120 cm da altura. Possui folhagem brilhante e verde escura, com bastante antocianina nos galhos, hastes e nervuras, o que lhes conferem a coloração roxa. Entra em produção aos 120 dias. Flores de corolas brancas com manchas lilás na face dorsal, sendo de duas a três por nó. Frutos de coloração verde (imaturo) a roxo (maduro), apresentando estrias mais claras no sentido longitudinal, e constrição anular na junção do cálice com o pedicelo. Tem formato esférico achatado, com 2,0 x 1,5 cm, com uma media de 55 sementes de cor palha. O aroma é muito ativo e o sabor frutado, com pungência de médio para alta. Usada no preparo de molhos e fresca, para temperar peixes e carne suína.

(12.) BODE VERMELHA




Espécie: Capsicum chinense.


Origem: Brasil
Planta bem compacta e produtiva. Duas a três flores por nó, com a corola branco-esverdeada. Frutos tipo baga, com coloração verde (imaturo) passando ao vermelho vivo (maduro), esféricos achatados, medindo 1,2 cm de comprimento por 1,5 cm de largura, contendo em torno de 33 sementes. Apresentam constrição anular na união do cálice com o pedicelo. Muito picantes e aromáticos, com cheiro mais forte quando imaturos, são ótimos para molhos e para temperar pratos de sabor forte como de carnes, arroz, feijão, pamonha salgada e até em biscoitos de polvilho e quando maduros.

(13.) PIMENTA BOLIVIAN RAINBOW

.

Espécie: Capsicum annuum

Origem: Bolívia.


Essa variedade foi cultivada e selecionada por séculos na Bolívia. É uma planta esplendorosa que atrai a atenção do olhar por sua beleza e delicadeza. Seu nome deriva da variedade de cores que seus frutos apresentam, compondo um verdadeiro arco-íris de tonalidades, lembrando pequenas lâmpadas de árvore de natal. Suas flores e folhas também são belíssimas, tornando essa variedade uma das pimentas ornamentais mais cobiçadas no mundo. Um detalhe interessante na Bolivian Rainbow, é que seus frutos apresentam um sabor agradável, o que não é comum nas variedades ornamentais.
A planta não tolera solos encharcados, podendo-se usar para compor seu substrato 1 parte de areia, 1 de terra e 1 de húmus, cuidando de colocar uma camada de cacos de telhas ou cerâmica no fundo do vaso para facilitar a drenagem. É de porte baixo, atingindo entre 60 a 90 cm de altura por 30 a 45 cm de largura, por isso podem ser plantadas satisfatoriamente em vasos com volume de 7 a 10 litros. Suas hastes são eretas e verde – lilás escuras, quase totalmente roxas devido a presença intensa de antocianina, o mesmo acontecendo com suas folhas, verde-roxas brilhantes.
Suas flores brotam solitárias em cada nó, com pedicelo ereto na antese, possuindo corola com pétalas lilás, semitransparentes e sem manchas difusas na base dos lóbulos, com anteras também de coloração lilás.
Seus frutos, não decíduos, brotam em grandes quantidades, podendo-se às vezes contar até trezentos por planta. Os pedicelos assumem posição ereta e não apresentam constrição anular na junção com o cálice. Possuem formato cônico curto, nas dimensões de 1,9cm de comprimento por 1,3 cm de diâmetro, a passam por uma grande variedade de tonalidades, começando do roxo, passando pelo amarelo quase branco, amarelo claro, amarelo ouro, várias tonalidades de laranja, até atingir o vermelho profundo que caracteriza o fruto maduro. São muito picantes, com pungência em torno de 5 na escala de calor.
Embora sejam cultivados mais por sua beleza, seus frutos podem ser usados para temperar pratos à base de carne de aves e porco, pois são de sabor agradável. Compõem também arranjos de muita beleza quando usados em conservas de frutos inteiros em potes transparentes.
(14.) PIMENTA CABAÇA, CABACINHA OU FIDALGA


Espécie: Capsicum chinense Origem: Brasil.


(Ardência : 50.000 Scoville)
Pimenta cujo formato lembra o de uma Cabaça curcubitácea usada como recipiente para líquidos e para confecção de artesanato, daí vem seu nome: Pimenta Cabaça.
A variedade prefere clima quente e úmido com solo bem drenado e rico em matéria orgânica. Planta com hastes eretas com altura de 1,20m e largura de 70 cm. Folhas ovais verde-escuras com 15 x 08 cm.
Flores em número de 2 por nó, mas que pode ser única, com pedicelo inclinado na antese, de corola branco-esverdeada sem manchas na base dos lóbulos, possuindo anteras creme-amareladas.

Frutos muito aromáticos, lembrado limão e rosas, de pungência mediana. Têm formato piriforme com a extremidade próxima ao pedúnculo mais estreita e alongada. Fruto maduro em posição pendente, apresentando constrição anular na junção cálice/pedicelo. Sua coloração vai do verde brilhante (imaturo) ao laranja (maduro). Carregam de 17 a 25 sementes de cor palha que germinam entre 10 e 14 dias. Entram em produção aos 120 dias após a semeadura.


Prestam-se muito bem no preparo de frutos do mar e pelo seu formato característico tornam-se bem decorativos no preparo de conservas de frutos inteiros.
Muito conhecida em algumas regiões do Brasil, especialmente no interior de São Paulo e no Sul de Minas Gerais, essa pimenta, que alguns chamam de Cabacinha, adquire uma bela cor alaranjada quando está madura. Apresenta formato campanulado, com 4 cm de comprimento e cerca de 1,5 a 2,5 cm de largura.
(15.) PIMENTA CABE MERAH BESAR



Espécie: C.annuum
Origem: Indonésia
Pungência: 80.000 SHU
Também conhecida com o nome “Chabai Rawit”, é uma variedade comum nos mercados da Indonésia, porém difícil de encontrar no Ocidente. A culinária Indonésia é uma das mais apimentadas do mundo, e isso se deve, em parte, ao uso intenso dessa pimenta.
A planta cresce 80 a 100cm de altura e possui hastes múltiplas, eretas, com pouca concentração de antocianina nodal. É muito vigorosa, mas não tolera clima frio e umidade exagerada.
Flores únicas por nodo, de pedicelo ereto na antese, possuem corola branca leitosa e anteras cinza azuladas.
Os frutos, também em posição ereta, são longos, delgados, algumas vezes retorcidos, com 5cm de comprimento por 0,6cm de diâmetro, nas cores verde (imaturo) e vermelho (maduro), e contêm uma média de 48 sementes de cor creme que germinam em 10 a 14 dias. A colheita se inicia em 4 meses após a semeadura, para frutos maduros.
(16.) PIMENTA CAYNNE


Espécie: Capsicum annuum.


Origem: Guiana.


E uma das variedades mais cultivadas no mundo. Seu nome deriva da cidade de Caiena, capital da Guiana Francesa. Cayena. A planta atinge em media 95 cm de altura por 60 cm de largura. Flores únicas por nó, com corola branca e anteras cinza-azuladas. Os frutos verdes (imaturos) e vermelhos (maduros) são longos e delgados, muitas vezes retorcidos, com a superfície irregular formando gomos. Atingem em media de 10 cm de comprimento por 1,5 de largura, terminando em uma ponta aguda. Nível de pungência médio, de 30.000 a 50.000 SHU. É usada de todas as formas na culinária, mas seu principal uso é em pó, pois tem as paredes finas, ideal para a desidratação.


Além de saborosa, é uma pimenta que concentra a maior quantidade de vitaminas.
Originária da Guiana Francesa é uma mistura de pimentas vermelhas como a malageta, dedo-de-moça entre outras. Encontrada em pó na coloração vermelha, tem sabor forte e pungente. É bastante utilizada nas cozinhas mexicana e tailandesa para temperar molhos, peixes e aves.
Curiosidade: Existem muitas variedades de Cayenne, desde as gigantes que chegam a 20 cm de comprimento, ate as miniaturas, com 1,5 cm.
(17.) PIMENTA CAMBUCI OU CHAPÉU-DE-FRADE


Espécie: Capsicum baccatum var. pendulum


Origem: Brasil.
Também conhecida por Chapéu de Frade, Chapéu de Bispo, Fria's Hot, Bishop crown, Monk's Hat e Christimas Bell.
Planta vigorosa de caules múltiplos com altura de 135 cm. Flores únicas por no, com a corola branca e manchas esverdeadas nos lóbulos das pétalas. Frutos considerados como pimenta doce, pois são quase desprovidos de picância, embora existam variedades ardidas. Tem formato de campânula ou de sino, medindo 5 cm de comprimento por 7 cm de diâmetro, na coloração verde (imaturo) e vermelha (maduro), pesando em torno de 40 a 50 g, com sementes cor palha que germinam entre 14 e 28 dias. A colheita inicia-se entre 100 e 110 dias apos a semeadura. De pungência doce e muito aromáticos, são usados em saladas, cozidos e recheados.
Está mais para um pimentão do que para uma pimenta, e é usada como legume, como acompanhamento, recheada com carne e assada fica ótima. Apesar da mais comum ser a verde, hoje encontrada facilmente em feiras e sacolões, existe também a vermelha.
Curiosidade: Seu nome "Cambuci", deriva do Tupi, e significa "pote de agua", devido a semelhança entre o formato do fruto e o da vasilha em que os índios guardavam água.

Consegui as sementes de cambuci, plantei e já brotaram, estão lindas mais pequenas.

Lembre-se que YESHÚA HA MASHÍACH chorou por mim e por vc. e vc já chorou alguma vez por Ele. Por sentir falta Dele ou por amar muito Ele. Pense nisso enquanto é tempo.

Maravilha, Veja:

(18.) PIMENTA CAPELA

Espécie: Capsicum annuum


Origem: Sérvia (Kosovo)
É uma variedade de pequeno porte, muito resistente, cuja planta atinge o porte de 45 a 60 cm de altura por 45 a 60 cm de largura, bastante ramificada, com hastes eretas, entrenodos curtos e folhas verde-escuras pequenas, de formato lanceolado, nas dimensões de 5 x 2,3 cm. O seu porte compacto e bonito a torna ideal para o plantio em vasos, principalmente na época da frutificação, quando exibe toda a sua beleza . Prefere solos arenosos e bem drenados, com clima seco e exposição a pleno sol, embora cresça bem à meia sombra.
Suas flores apresentam-se solitárias por nó, como é natural entre as C. annuum, de corola branco-leitosa, sem manchas na base dos lóbulos das pétalas, com as anteras de cor cinza.
Os frutos são muito belos, com formato triangular alongado, nas dimensões de 3 x 1,5 cm, na coloração verde (imaturo) e laranja brilhante (maduro). Com pouca ou nenhuma pungência (0 a 500 SHU), assumem posição ereta desde a sua formação, e em seu interior pode ser encontrada uma média de 60 sementes de cor creme, cuja germinação ocorre em um período de 8 a 14 dias. A colheita se inicia 120 dias após a semeadura.

Yüklə 1,18 Mb.

Dostları ilə paylaş:
  1   2   3   4




Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©azkurs.org 2020
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə